A um mês de festa prefeitura de Barretos institui toque de recolher

PTB Notícias 19/07/2011, 9:32


A um mês do início da tradicional Festa do Peão de Boiadeiro, Barretos (423 km de SP) está adotando um pacote de segurança que inclui a instalação de câmeras nas principais vias da cidade e um toque de recolher para menores de 16 anos.

Em fase de implantação, as propostas devem ser colocadas à prova pelos cerca de um milhão de visitantes do evento, o maior do gênero na América Latina.

Com o monitoramento das ruas, a prefeitura de Barretos, conduzida pelo prefeito Emanoel Mariano Carvalho (PTB-SP) pretende reduzir ações de vandalismo e a criminalidade no município, inclusive durante a festa.

Em 2010, foram 348 furtos no mês do evento, ante a média de 191,9 dos outros meses.

Dez câmeras estão sendo instaladas em vias estratégicas como a avenida 43, o principal ponto de encontro dos turistas na área urbana.

Outras 53 serão posicionadas em prédios públicos no lugar de vigias terceirizados.

O chefe de departamento de serviços gerais da prefeitura, Otávio Ferraz, diz que o objetivo é reduzir custos.

O capitão da Polícia Militar de Barretos, Valdeci Silva Junior, disse que a PM e a prefeitura estudam sincronizar o monitoramento com o telefone de emergência (190).

Já a restrição da circulação dos adolescentes desacompanhados dos pais entre as 23h e as 5h é considerada uma medida “protetora”, que deverá ser seguida também pelos visitantes.

É o que diz o vereador Aparecido Cipriano (PTB), autor do projeto, que já foi sancionado.

“Não acredito que a medida possa prejudicar a Festa do Peão.

” Os termos de aplicação da proibição serão discutidos por representantes do Ministério Público Estadual, da Polícia Militar e do Conselho Tutelar, segundo a diretora de Assistência Social do município, Luiza Helena Rossi.

A medida passou a vigorar oficialmente no último dia 7, mas só deve funcionar na prática dentro de duas semanas.

A Festa do Peão começa em 18 de agosto.

PÚBLICO O pacote de medidas restritivas tem dividido opiniões em Barretos.

Para Marcelo Murta, consultor de estratégia e marketing de Os Independentes, que organiza a Festa do Peão, o pacote não deve afugentar o público.

“Vai estimular a vinda de famílias e espantar a bandidagem”, afirmou.

Já o presidente da Acib (Associação Comercial e Industrial de Barretos), André Peroni, disse ser contrário ao toque de recolher.

“Cada família tem que cuidar dos seus adolescentes, isso não compete ao município.

” Para Lenir Costa Alves, 51, que aluga casas na época da festa, as mudanças devem afastar os turistas.

“A prefeitura deveria estimular a vinda, e não criar artifícios para que as pessoas se sintam vigiadas e controladas.

” Agência Trabalhista de Notícias, (IS) com Informações do Portal da Folha .

com