Ada Mello faz balanço de sua atuação no Senado como suplente de Collor

PTB Notícias 18/01/2009, 13:20


A senadora alagoana Ada Mello fez, na última sexta-feira (16/1), um balanço de sua atuação no Congresso Nacional.

Foram quatro meses substituindo o senador Fernando Collor, presidente do Diretório Estadual alagoano, e que se encontrava de licença no Congresso.

Ao longo dos quatro meses exercendo uma cadeira no Senado, Ada Mello apresentou dois projetos de Lei: o que proíbe o uso ou exibição de animais da fauna silvestre brasileira ou exótica por circos; e o que altera a Lei nº 8.

630, de 1993, para revigorar a cobrança do Adicional de Indenização do Trabalhador Portuário Avulso – AITP.

Ada Mello destaca que vários países já aboliram a presença de animais em circos e lembra que um dos mais famosos do mundo, o Cirque du Soleil, não utiliza nenhum tipo de animal em suas apresentações.

Conforme Ada Mello, além dos maus-tratos impostos aos animais nos circos, a sua utilização estimula o tráfico de espécimes silvestres ao redor do mundo, prática que considera cruel e criminosa devido ao risco de extinção.

Ainda nesta semana, a senadora Ada Mello fez uma visita ao município alagoano de Jequiá da Praia, na última quinta-feira (15/1), para tratar de assuntos de interesse do município.

Ada Mello foi recebida pelo prefeito Marcelo Beltrão, do PTB, que aproveitou a oportunidade para mostrar à senadora as belezas naturais existentes na região.

Também estiveram presentes ao encontro os secretários de Administração e Turismo de Jequiá da Praia, Luiz Fernando Gonzalez e Beto Palmeira, respectivamente.

Em sua visita ao município, Ada Mello tomou conhecimento das dificuldades encontradas pelo prefeito, especialmente na área do turismo e do meio-ambiente, considerada duas principais riquezas do litoral sul alagoano.

fonte: Jornal Gazeta de Alagoas