Adelson Barreto registra aniversário de 78 anos da cantora Clemilda

PTB Notícias 3/09/2014, 12:55


O deputado Adelson Barreto (PTB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe, na terça-feira (2/9/2014), para destacar os 78 anos da cantora Clemilda, afastada dos palcos por problemas de saúde.

O parlamentar lembrou que a cantora, nascida em São José da Laje (AL) em 1º de setembro de 1936, é das maiores cantoras, lembrada com a música “Prenda o Tadeu”, em 1985, que estourou nas paradas de sucesso.

E a partir de então participou de vários programas de rádio e TV, entre eles o “Clube do Bolinha”, na Rede Bandeirantes, e o “Cassino do Chacrinha”, na Rede Globo.

Adelson disse que nesse mesmo ano Clemilda ganhou seu primeiro disco de ouro com a música e em 1987, com o disco “Forró Cheiroso”, mais conhecido como “Talco no Salão”, ganhou seu segundo disco de ouro.

“Clemilda passou a infância e a adolescência em Palmeira dos Índios, Zona da Mata de Alagoas.

No começo da década de 1960 decide viajar para o Rio de Janeiro para tentar a sorte, onde então consegue emprego como garçonete.

Até então ainda não havia descoberto o dom artístico que tinha.

Em 1965, consegue cantar pela primeira vez na Rádio Mayrink Veiga no programa “Crepúsculo sertanejo”, dirigido por Raimundo Nobre de Almeida, que apresentava profissionais e calouros”, observou.

“Nessa ocasião, conhece o sanfoneiro Gerson Filho, contratado da gravadora e também alagoano como ela, que popularizou o fole de oito baixos e já era artista com disco gravado.

Com ele Clemilda viria a se casar.

Fez algumas participações em dois LPs do esposo, e a partir de 1967 começou a gravar seu próprio disco.

Sua carreira tomou impulso com os frequentes shows que fazia em Sergipe, onde vive há mais de duas décadas, sempre acompanhada pelo marido.

Após 1994, com a morte do companheiro, a forrozeira-mor, carinhosamente conhecida como “Rainha do Forró”, afastou-se dos shows”, destacou Adelson Barreto, lembrando que desde então a cantora vem se dedicando à apresentação do “Forró no Asfalto”, na TV Aperipê de Aracaju, programa há mais tempo no ar da emissora do qual esteve meses afastada em virtude de saúde.

O deputado do PTB disse que visitou Clemilda no hospital e pediu aos colegas parlamentares que fossem dar uma palavra de incentivo à cantora, que enfrenta graves problemas de saúde.

“Clemilda é uma das cantoras mais requisitadas para shows nas festas juninas”, citou Adelson, destacando o fato de a cantora ter recebido homenagem do então prefeito Marcelo Déda no Fórum do Forró.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência AleseFoto: Maria Odília/Agência Alese