Adilson quer medidas para coibir violência e assédio sexual nas escolas

PTB Notícias 23/10/2014, 17:08


A afixação obrigatória do número do telefone do Disk Denúncia (Disk 100) e de outras providências nas salas de aula das escolas de Lages (SC) como forma de coibir qualquer tipo de violência, abuso e assédio sexual cometido contra crianças e adolescentes é a recomendação apresentada pelo vereador Adilson Roza (PTB) ao prefeito Elizeu Mattos (PMDB) na moção 239/2014.

O documento afirma que o assédio sexual, em suas diversas formas, é mais comum nas escolas do que parece.

Estudos demonstram que mais da metade dos jovens, meninas especialmente, sofreu algum tipo de abuso, seja um comentário qualquer sobre o desenvolvimento físico ou situações de preconceitos e afirmações depreciativas sobre sua sexualidade.

Roza argumenta que tais ações não podem ser analisadas como ritos normais de passagem, já que isso pode atrapalhar o desempenho escolar dos alunos, prejudicar sua saúde e acarretar em consequências para o futuro destes jovens.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Câmara Municipal de LagesFoto: Elisandra Pandini/Câmara Municipal de Lages