Adriano Stefanni é o novo presidente nacional da Juventude do PTB

PTB Notícias 28/07/2013, 17:52


O brasiliense Adriano Stefanni foi eleito presidente nacional da Juventude do PTB, no sábado (27/7/2013), na convenção nacional do movimento, em Brasília.

Adriano foi designado pelo presidente do PTB, Benito Gama, em abril deste ano, para assumir, provisoriamente, a Juventude por três meses, no intuito de organizar a convenção e batalhar pela união da JPTB.

Entretanto, pelo trabalho desempenhado e na condução dos trabalhos do movimento durante esse período, Adriano Stefanni foi eleito, por unanimidade pelos companheiros, para liderar a Juventude Petebista até julho de 2015.

“A nossa Juventude é mais do que a gente pode imaginar com relação à construção de um partido político.

A gente já conseguiu que, na gestão do Anderson, a JPTB entrasse na Executiva Nacional do partido [a JPTB tem uma posição fixa de membro nato].

Nós precisamos é a partir de agora trabalhar aquilo que defendi em cada estado, bancada-presidente estadual.

Aquilo o que conversamos em cada sala, falamos que a Juventude do PTB tem que passar por um processo de profissionalização política.

Nós precisamos entrar nos movimentos sociais de forma séria e, sobretudo, fazer política profissional”, frisou Adriano em seu discurso de posse.

O presidente garantiu aos companheiros que a Juventude terá delegação honrosa e compatível com o tamanho do PTB em todos os congressos e movimentos sociais no país.

Ele ressaltou que atualmente existem 17 diretórios estaduais constituídos, e afirma que “chegaremos aos 27”.

Adriano Stefanni afirmou ainda que a mobilização da JPTB será ainda maior.

Entretanto, frisou que esse compromisso “não consegue fazer só”, e sim “porque tem uma Executiva Nacional ao meu lado, eu tenho presidentes estaduais da Juventude”.

“Nós criamos hoje uma Executiva majoritária, plena, com funções e representatividade”, destacou.

“Me dediquei os últimos três meses para a Juventude do PTB, e pretendo me dedicar mais nos próximos dois anos para essas construções.

Quero ajudar junto com todos nossos companheiros a viabilizar candidaturas de juventude, candidaturas desde a base.

Nós queremos ter candidaturas de deputado federal, sim.

Senador da República da Juventude do PTB.

Essa foi a mensagem que eu passei em todos os estados, disse a todos vocês que queríamos criar uma perspectiva de poder.

” (/_tinyimg/Executiva%20Nacional%20da%20JPTB.

JPG” target=”_blank) EducaçãoAdriano Stefanni ressaltou ainda a importância de a Juventude do PTB ter uma proposta de mudança.

Na ocasião, ele apresentou uma ideia linkada à educação, em especial à representatividade que ela tem hoje.

O presidente disse que a JPTB vai dialogar com os movimentos estudantis, secundaristas e universitários, para mostrar o que o PTB e a JPTB pensam a respeito da educação do país.

“Todo mundo sabe, não há mudança sem educação.

Um país forte é um país que tem dentro de seus quadros pessoas qualificadas no ensino fundamental, médio e universitário.

Nós precisamos defender, de forma pragmática, a universalização do acesso à universidade.

Queremos ajudar a todos.

A minha proposta, e eu quero discutir isso massivamente em cada estado e município, é que a JPTB precisa levar a proposta com relação à educação.

Essa tem que ser a nossa principal finalidade enquanto uma representação política para uma sociedade”, pontuou.

Adriano concluiu dizendo que nos quadros partidários é preciso atender, ouvir e entender a necessidade de cada um, no estado e no município, e enfatizou que a Executiva Nacional e os presidentes estaduais precisam estar ao lado da militância.

“Porque não haverá, nunca haverá, uma ocupação da Juventude ao PTB se nós não defendermos as prerrogativas estatutárias”, disse.

“Nós assumiremos esses e muitos outros compromissos.

E queremos voltar daqui a dois anos e olhar nos olhos da militância e ter o mesmo sentimento de confiança que está sendo depositada aqui hoje.

“Agência Trabalhista de Notícias, por Felipe Menezes e Nathalia MazzoccanteFotos: Felipe Menezes