Advogado Jean Roubert irá relançar o PTB em Paulo Afonso (BA)

PTB Notícias 7/06/2014, 9:20


Na tarde da ultima quarta-feira (04/06) os apresentadores do Programa Ronda 950 da RBN Fabio Salvador e AC Zuca entrevistaram o Diretor Municipal do PTB (Partido dos Trabalhadores do Brasil), professor universitário e advogado Jean Roubert.

O motivo da entrevista do mesmo, se dar ao relançamento do PTB em Paulo Afonso (BA) nesta sexta-feira (06/06) em solenidade na Câmara de Vereadores Municipal.

Fabio Salvador da RBN – Neste relançamento do PTB em Paulo Afonso, nós teremos a presença do presidente nacional do partido o Benito Gama?Jean Roubert – É a assessoria do mesmo já confirmou e ele deverá estar chegando aqui em Paulo Afonso por volta das 15 horas destas sexta (06) e irá nós prestigiar aqui em nossa cidade no relançamento do partido que ocorrerá na Câmara Municipal ás 19; 30 h desta sexta.

Então é confirmada a presença do presidente nacional do Partido para esse momento histórico, porque nós teremos a presença já confirmada do Abel Barbosa que foi o prefeito da época pelo PTB que emancipou a cidade, então este momento histórico no relançamento deste partido se dar por conta disso, então nós temos que prestigia os feitos históricos, então temos que prestigiar o relançamento que é um momento especial, também outras autoridades estarão presentes e logico o presidente nacional deste partido que tanto fez por Paulo Afonso.

Fabio Salvador da RBN – como se seu a sua eleição para presidente municipal a este partido?Jean Roubert – eu em muito tempo mi mantive reticente a entrar na vida pública partidária, más de um tempo para cá, estive conversando com algumas pessoas e eu como sou filho de Paulo Afonso mi convenceram e internalizei esta ideia de participar da vida pública partidária.

Nós estamos vivendo um momento não muito bom no senário politico e eu partilho daquela ideia que antes de criticar e taxar que todos são ruins, eu tenho que entrar na politica e tentar fazer diferente e mostrar serviço, então eu internalizei estar ideia e ai eu procurei oficializar em que partido eu ia participar, conversando com professores universitários e historiadores da cidade, eu procurei um partido que tivesse identidade com a cidade, então uma decisão presente onde projetando o futuro, eu tive que olhar o passado da cidade e o passado da cidade mim sinaliza para os grandes feitos e o grande feito que eu destaco neste momento é a emancipação da cidade de Paulo Afonso e ai o PTB estava adormecido em Paulo Afonso, então através de contatos com o presidente nacional, por meio de uma irmã que trabalha no banco do Brasil, onde até pouco tempo o Benito Gama era vice-presidente do Banco do Brasil na área de governo e então nós agendamos uma reunião, então o interesse do PTB surge ai, dai da historia de Paulo Afonso e da historia do PTB em nível nacional através do presidente Getúlio Vargas, onde fez grandes feitos, então eu pego o PTB para tentar resgatar e olhando as matrizes do passado.

Fabio Salvador da RBN – quando você fala em evidenciar o PTB.

O que você almejar quanto colocar ele sempre à frente, no caso o partido? Qual é a projeção do PTB em ordem municipal?Jean Roubert – nosso objetivo inicial tornar o partido em evidência, já que o mesmo estava adormecido e convocar pessoas que acreditem nesta bandeira, em nossos projetos e propósitos, para que assim possamos fazer um grupo homogêneo e propostas inovadoras e que possamos discutir que seja em nível de eleição para agora ou 2016 com a melhor forma e estratégia e assim estarmos presentes no contexto e não ser apenas um coadjuvante.

Fabio Salvador da RBN – no alinhamento municipal, o PTB hoje é oposição ou situação ao governo municipal e também no âmbito estadual?Jean Roubert – veja bem Fabio, o PTB como estava adormecido ele estar neutro, estamos livres para conversarmos com qual quer que seja o segmento politico, porque eu não posso começar uma vida politica já colecionado inimigos, então eu não tenho adversários pessoais e sim políticos.

AC Zuca da RBN – Você resgata um partido e já traz um pessoal de peso ao seu lado.

Você acha que é preciso ter essa ousadia?Jean Roubert – como cidadão que preenche todos os requisitos legais, eu estou livre dentro desta conjuntura politica, ou seja, voto e tenho direito de ser votado, sou ficha limpa e como filho da terra eu tenho dever moral com a minha cidade e eu saio pra estudar, mi preparei e mi sinto hoje preparado tecnicamente e estou motivado a contribuir com a minha cidade e ai resolvi adentrar na vida pública, eu não mi acho como mais um, eu entro na politica para contribuir com minha cidade e não viver da politica como muitos fazem, então sou independente, tenho dois concursos e sou livre, porque muitos que sejam lá é só para pedir emprego e eu não preciso disso, então a minha proposta com as lideranças é discutir como cavalheiros e não de vassalagem, então eu chego, mi programo, faço um planejamento e começo a conversar com pessoas a verdade, onde falamos de projetos sem interesses em A OU B.

Fabio Salvador da RBN – diante destas situações, você não teme lá na frente às pessoas lhe terem como um grande rival e isso chegar a represarias a você e sua família?Jean Roubert – eu não temo nada, só temos os castigos de Deus, sei que no contexto as pessoas que são maduras na politica, eles entendam que há um espaço para todos democrático, eu espero que eles entendam que como filho da terra, o espaço que estou preenchendo é livre, se eu chegar a alguma represaria, eu acho que vai ficar bem, porque não vai cair bem para a sociedade, desseguir meu pai que é um técnico, conheço dos assuntos tributários, não fica bem para o grupo politico, porque o filho que quer ter um espaço democrático quer contribuir com o município e por conta disso persegui a família, isso não vai cair bem, as pessoas vão reagir de modo negativo, então espero que isso não aconteça.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do Portal de Noticias da RBNFoto:Divulgação