Aidan Ravin prevê orçamento de R$ 1,96 bi em 2010 para Santo André

PTB Notícias 11/10/2009, 9:03


Na lei orçamentária de Santo André, cidade administrada pelo petebista Aidan Ravin, para 2010 há previsão de R$ 1,96 bilhão em receita, valor apenas 5,4% superior ao estimado para este ano (R$ 1,86 bilhão).

Saneamento e Saúde serão as áreas com maior investimento, com R$ 374 milhões e R$ 307 milhões respectivamente.

Em Educação e Formação Profissional serão empregados R$ 256 milhões.

Para a Secretaria de Obras e Serviços Públicos, há previsão de investimento de R$ 136 milhões.

A LOA (Lei Orçamentária Anual) já foi enviada à Câmara pelo prefeito Aidan Ravin (PTB) e tem de ser votada em 60 dias.

A Prefeitura prevê receitas correntes de R$ 1,19 bilhão e na arrecadação de tributos mais R$ 422 milhões.

O governo decidiu manter 30% para remanejamento de verba, da mesma forma como o ex-prefeito João Avamileno (PT) fez no orçamento vigente.

A previsão é de que na administração direta seja investido R$ 1,35 bilhão.

Com autarquias e empresas públicas, o gasto será de R$ 567,9 milhões.

A Câmara receberá R$ 39 milhões.

Com a folha de pagamento, o prefeito estima gastar no próximo ano R$ 157 milhões.

Para reserva de contingência, foram destinados R$ 5,5 milhões.

Na distribuição para as secretarias, Cultura, Esporte e Lazer ficou com R$ 47 milhões, Desenvolvimento Urbano e Habitação terá R$ 174 milhões e a Secretaria de Gestão dos Recursos Naturais de Paranapiacaba e Parque Andreense contará com R$ 58 milhões.

Repasses de recursos acumulará o montante de R$ 93 milhões.

Para 2010, a novidade será o atendimento aos 21 vereadores, que poderão indicar a inclusão de emendas no valor de R$ 200 mil cada.

A iniciativa segue o parâmetro usado no Orçamento Geral da União, no qual deputados e senadores podem protocolar emendas para investimentos em suas regiões de origem e atuação.

Aplicações – A área de saneamento ambiental e abastecimento de água terá a maior verba.

O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) receberá R$ 374 milhões.

O Instituto de Previdência municipal ficará com R$ 168 milhões.

Com os R$ 307 milhões da Saúde, Aidan pretende implantar o Poupatempo da Saúde, uma de suas promessas de campanha, além do Hospital Geriátrico e três Unidades de Pronto Atendimento.

Na Educação, o governo pretende construir as creches Loreto, Mareck e Vila Luzita, além de implantar o Cesa (Centro Educacional de Santo André) Andreense e as Emeifs de Capuava e Paranapiacaba.

O orçamento prevê ainda a contratação de 50 guardas municipais e aquisição de área para implantação do Restaurante Popular.

O governo tornará as informações sobre o orçamento 2010 públicas por meio da internet, no site oficial da cidade.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações do Diário do Grande ABC