Alberto Bejani inaugura CAPS Álcool e Drogas em Juiz de Fora

PTB Notícias 18/05/2007, 11:29


O prefeito de Juiz de Fora, Alberto Bejani (PTB/JF) inaugurou, na última quarta-feira (16/05), o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD).

A iniciativa integra a programação de eventos do aniversário da cidade e marca o Dia Nacional de Luta Antimanicomial, celebrado em 18 de maio.

A unidade atenderá pacientes dependentes químicos de álcool e outras drogas, que passarão o dia no local, voltando à noite para casa.

O atendimento será feito em regime intensivo (diário), semi-intensivo (duas a três vezes por semana) e não intensivo (uma vez por mês), através de consultas médicas e psicológicas, oficinas terapêuticas, principalmente voltadas à expressão artística, como pintura, além de haver leitos de desintoxicação para casos leves e moderados.

O CAPS AD funcionará, das 8h às 18h, na Rua Machado Sobrinho 186, Alto dos Passos.

O público-alvo é predominantemente adulto, porém adolescentes (a partir de 12 anos de idade) serão atendidos em horário parcial.

Os pacientes poderão ser encaminhados pelo Serviço de Urgência Psiquiátrica (SUP), pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS”s), pelos Centros Regionais de Referência em Saúde Mental (Crresam”s) e outros CAPS.

A expectativa é que 40 pacientes sejam atendidos por turno.

A casa onde o CAPS AD está instalado possui espaço amplo e adaptado às necessidades dos pacientes, que receberão atendimento de uma equipe interdisciplinar formada por um psiquiatra, três psicólogos, um assistente social, um clínico-geral, um profissional de Enfermagem e pessoal de apoio.

Os CAPS foram normatizados e instituídos pelo Ministério da Saúde em fevereiro de 2002.

Segundo o chefe do Departamento de Saúde Mental da SSSDA, Jairo Gama, com o empenho do prefeito Alberto Bejani em adotar a política de reforma da Assistência em Saúde Mental, conforme preconiza o Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde, a Prefeitura de Juiz de Fora está possibilitando um avanço importante na atenção em saúde mental do município e se colocando de maneira diferenciada no panorama nacional.

Ele lembra que, em outubro do ano passado, o prefeito inaugurou o Centro de Atenção Psicossocial da Infância e Juventude (CAPS IJ), para atendimento a crianças e adolescentes com até 18 anos, portadores de transtornos mentais, como psicoses, autismo e neuroses graves.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da Prefeitura de Juiz de Fora)