Alex Canziani defende destinação dos royalties do pré-sal para a educação

PTB Notícias 14/10/2014, 14:24


A Câmara dos Deputados está analisando projeto de lei (PL7321/14) que determina o investimento de 25% dos royalties do pré-sal em segurança pública.

A proposta, que está pronta para ser votada na Comissão de Segurança Pública, redefine os gastos dos royalties do pré-sal em 25% para segurança pública, 25% para saúde e 50% para educação.

Atualmente esses recursos estão divididos entre educação, 75%, e saúde com 25%.

De acordo com a Rádio Câmara, o deputado Alex Canziani (PTB-PR) é contrário à proposta.

Ele defende que a educação seja prioridade e continue com os 75% do pré-sal.

“A prioridade absoluta do país tem que ser a educação e eu sou contra alterar, tirando dinheiro da educação para passar para a segurança pública.

Acho que a segurança pública precisa de mais recursos, mas nós temos que achar uma outra fonte que não seja essa que já está definida pelo Congresso Nacional com a sanção da própria presidente”, disse.

O projeto ainda vai ser analisado pelas comissões de Segurança Pública; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça.

Se aprovada nas três, a proposta não precisa ser apreciada pelo plenário da Câmara.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Rádio CâmaraFoto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados