Alex Canziani destaca a relevância de se ampliar o ensino a distância

PTB Notícias 8/10/2013, 14:39


A Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional vai trabalhar na defesa da criação de uma universidade federal de educação a distância (EAD) para atender à demanda por vagas no ensino superior.

O Ministério da Educação já se manifestou favorável ao projeto de ampliação da EAD.

A ideia do MEC é que a nova instituição incorpore a atual Universidade Aberta do Brasil (UAB), ampliando a oferta de cursos de graduação oferecidos.

O presidente da Frente, deputado Alex Canziani (PTB-PR), destaca a relevância de se ampliar o ensino a distância.

“A criação será um dos principais objetivos da Frente Parlamentar.

Precisamos ter uma universidade que possa ser a grande norteadora da educação à distância, que possa gerar novas oportunidades e preparar professores”, destaca.

Canziani adianta que vai trabalhar junto com o MEC: “Vamos divulgar o projeto aqui no Parlamento e trabalhar pela sua aprovação”.

Um estudo aponta que, dos alunos que cursam o ensino superior, 75% estão no ensino presencial e são de faculdades privadas, enquanto 25% estudam em instituições públicas.

Já no ensino à distância 94% estão em instituições privadas e somente 6% em instituição pública.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações do site do deputado Alex Canziani (PTB-PR)