Alex Canziani otimista com tramitação na Câmara do projeto “Ficha Limpa”

PTB Notícias 14/04/2010, 17:28


Entidades do movimento de combate à corrupção criticaram a decisão dos líderes partidários da Câmara de adiar para maio a votação, em plenário, do projeto que estabelece a ficha limpa para os candidatos às eleições.

Para os representantes, a resistência ao texto mostra que os parlamentares agem em interesse próprio, sem levar em consideração a vontade popular.

Para o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, a mudança de postura dos líderes que sinalizaram colocar o texto em votação, mas decidiram alterar a proposta na CCJ, foi motivada pelo corporativismo.

Já na avaliação do secretário-geral da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Dimas Lara, os deputados precisam entender que o projeto não é contrário aos políticos.

Para o presidente da Comissão do Trabalho, Administração e Serviço Público, deputado federal Alex Canziani (PTB-PR), a proposta é relevante para a sociedade.

“O projeto é muito importante, é necessário, mas ele precisa ser analisado com tempo, para que impeça candidaturas de pessoas que respondam a processos criminais e que já tenham sido julgadas em outras instâncias”, afirmou o petebista.

Canziani disse ainda que está otimista em relação à aprovação do texto.

“O fato de a proposta ter sido encaminhada à Comissão de Constituição e Justiça não quer dizer que o Congresso não vai votar.

Como houve emendas ao projeto, é necessário que volte para CCJ.

Mas, pelo que eu sinto dos colegas, o projeto será votado ainda neste semestre”, destacou o parlamentar paranaense.

fonte: Assessoria de Imprensa do deputado Alex Canziani (PTB-PR)