Aloisio Classmann propõe fundo de fomento à cultura tradicionalista gaúcha

PTB Notícias 25/05/2009, 13:18


.

Com a finalidade de incentivar a produção e facilitar o acesso a produtos e instrumentos musicais vinculados à cultura tradicionalista, o deputado estadual petebista Aloísio Classmann protocolou projeto na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul que prevê a criação de um fundo de financiamento para viabilizar formas de difundir a cultura gaúcha, por meio da música e de ações de inclusão social e integração de grupos afins.

Além disso, o FUNFINAPIM foi idealizado pensando nos mais de 2.

200 CTG’s do Estado que valorizam a preservação da identidade regional dos aspectos culturais típicos do gaúcho.

“Neste sentido, percebemos a importância de um Fundo que proporcione a concessão de tratamento mais benéfico aos instrumentos musicais, suas partes e acessórios, como incentivo da nossa cultura regional.

Propomos um projeto que incentive à produção, mas, sobretudo, ofereça financiamento de baixo custo e facilitado para aquisição de instrumentos aos mais carentes”, destacou o parlamentar.

Destinado à concessão de financiamentos às pessoas físicas e jurídicas, o projeto prevê, ainda, a celebração de convênios por meio do Governo do Estado para promoção de cursos de atualização e aperfeiçoamento de professores e especialistas na área.

“A Assembleia está cumprindo sua parte, porque é a Casa do Povo e, como seus representantes, devemos expressar a vontade das comunidades que nos procuram a fim de elaborarmos projetos que venham estimular a economia e a geração de novos postos de trabalho”, reforçou Classmann, lembrando que, em média, 100 pessoas gravitam em torno de cada um destes Centros de Tradição Gaúcha.

Segundo o deputado petebista, o projeto inclui também a criação de novos grupos tradicionalistas em comunidades carentes, visando a redução da criminalidade e violência, bem como a inclusão social de crianças e adolescentes.

“Desta forma, queremos inclusive promover atividades como meio de integração, incentivando esses jovens à participação nas festividades e eventos relacionados à Cultura Farroupilha.

E reforçamos, também, a importância de viabilizar a capacitação e atualização do corpo docente da rede pública estadual na cultura gaúcha”.

Por meio dessas ações, entre outras, o parlamentar argumenta a legalidade do Fundo de Financiamento para a aquisição de produtos e instrumentos musicais da cultura tradicionalista gaúcha no Rio Grande do Sul – FUNFINAPIM – como prevê a Constituição Federal, que faculta aos Estados vincular a fundo estadual de fomento o financiamento de programas e projetos culturais.

Conforme Classmann, o povo do Rio Grande do Sul tem um passado de glórias, de formação diferenciada ao restante do Brasil, e de cultivo às tradições.

“Os CTG’s, por exemplo, não só cumprem um papel de difundir a nossa cultura, como oferecem oportunidade de confraternização para toda a família, promovendo bailes, festas campeiras, rodeios, concursos e invernadas artísticas.

Por isso, pretendemos incentivar, ainda mais, a inclusão social por meio de manifestações artísticas tipicamente gaúchas”.

fonte: site do PTB – RS