Amadeu propõe criação de central de atendimento para acessibilidade em SP

PTB Notícias 1/10/2014, 14:52


De autoria do vereador Adilson Amadeu (PTB), tramita na Câmara Municipal de São Paulo o (http://camaramunicipalsp.

qaplaweb.

com.

br/cgi-bin/wxis.

bin/iah/scripts/?IsisScript=iah.

xis&lang=pt&format=detalhado.

pft&base=proje&form=A&nextAction=search&indexSearch=%5enTw%5elTodos%20os%20campos&exprSearch=P=PL2502014″ target=”_blank) projeto de lei 250/2014, que autoriza a Secretaria da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida da capital paulista a criar uma central de atendimento especial para acessibilidade.

O atendimento tem o objetivo de receber as denúncias e reclamações contra o desrespeito às normas que garantem a acessibilidade da pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida, bem como qualquer forma de preconceito, intolerância ou violência dirigido a essas pessoas.

A propositura ainda garante que o denunciante consiga acompanhar os encaminhamentos de sua reivindicação.

“Diariamente, vemos os direitos das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida serem negados nesta cidade, sem que o cidadão paulistano tenha os meios necessários para fazer uma denuncia urgente e que possa surtir efeitos.

O presente projeto visa acelerar a real apuração de responsabilidades quanto às irregularidades e abusos praticados contra elas”, afirma Amadeu na justificativa.

A proposta, protocolada em junho deste ano, ainda não passou pelas comissões da Câmara.

Só depois dessa etapa ela poderá ser votada em plenário.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Câmara Municipal de São PauloFoto: RenattodSousa/CMSP