Amazonino Mendes anuncia projetos que “vão mudar Manaus para melhor”

PTB Notícias 28/05/2010, 15:19


Um pacote de obras nas áreas de habitação, trânsito, transporte, meio ambiente, reordenamento urbano, cultura e lazer foi anunciado nesta última quarta-feira, 26/05, pelo prefeito Amazonino Mendes, em entrevista coletiva na Prefeitura de Manaus.

Na ocasião, técnicos da prefeitura apresentaram os projetos do ProUrbis, Cidade da Criança, sistema de trânsito Binário, nova Ponta Negra, revitalização do Igarapé do Mindu, Aquário Municipal, Ação Conjunta, Complexo Viário da Bola do São José, Shopping Popular (camelódromo) e o Bus Rapid Transit – BRT.

Amazonino explicou que a intenção da prefeitura com o evento, é integrar a população com os projetos que visam melhorar a cidade.

“Apresentamos projetos sérios, todos eles com recursos para serem executados, nenhum é sonho e todos já possuem cronograma de execução”, disse o prefeito.

Segundo ele, é preciso mostrar à população o compromisso exclusivo com a busca de soluções para a cidade, que está com muitos problemas.

TrânsitoAo se referir ao projeto de sistema trânsito Binário, o prefeito destacou que é o mais importante na sua concepção.

“O sistema Binário será uma ação que vai atacar de frente o problema do trânsito”, evidenciou.

O sistema Binário trará um novo conceito de trânsito na cidade através de semáforos inteligentes, vias de mão única (Djalma Batista e Constantino Nery) e mudanças de comportamento de condutores de veículos e pedestres.

O prefeito explicou que para implantar essas mudanças, será necessário aumentar o número de agentes de trânsitos.

“Para colocar esse projeto em prática estamos providenciando 500 azulzinhos treinados para efetivamente fiscalizarem o trânsito”, esclareceu Amazonino.

LazerEm relação ao Aquário Municipal, o prefeito elogiou o projeto e disse que trará mais humanização a cidade e apoio ao turismo, uma vez que será construído às margens do encontro das águas.

Quanto à Cidade da Criança, o prefeito lembrou que era para ser apenas um passeio público no Horto Municipal, porém, se tornou um projeto de dois hectares de área verde, voltadas para o lazer e educação das crianças.

“Essa obra ajudará a educar, pois não terá somente o aspecto lúdico, mas principalmente educacional”, destacou.

Habitação e Meio AmbienteEm referência ao Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Socioambiental de Manaus – ProUrbis, que beneficiará três mil famílias, em uma área de 55 hectares na zona leste, o prefeito lembrou, que será assinado na próxima sexta-feira, 28, em Brasília, um convênio no valor de US$ 50 milhões com Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

“Esse projeto é para o futuro e poderá ser implantado gradativamente em outros bairros com os mesmos problemas”, afirmou.

Outro projeto destacado por Amazonino foi o Programa de Recuperação Ambiental e Requalificação Social e Urbanística do Igarapé do Mindu, que prevê a retirada de três mil famílias e a revitalização de 17 km de margem do igarapé do Mindu.

De acordo com o prefeito, era um projeto engavetado e abandonado, que passou por uma reestrutura.

“Além de recuperarmos o projeto, fizemos adaptações que vão ser muito importantes para o sistema viário”, revelou.

Ação ConjuntaOutro ponto evidenciado pelo prefeito foi a Ação Conjunta, firmada entre a Prefeitura de Manaus e o Governo do Estado no dia 27 de abril deste ano.

O prefeito disse que há a previsão de se investir, em parceria, cerca de R$ 120 milhões, com a recuperação da malha asfáltica da zona norte de Manaus.

“Nossa previsão é que em novembro a cidade não tenha mais buraco nenhum, porque já superamos metade das dificuldades e agora vamos resolver o restante”, garantiu.

Shopping PopularA criação de um espaço destinado a alocar os camelôs do centro da cidade foi apresentado pelo diretor-presidente Instituto municipal de Planejamento Urbano-Implurb, Manoel Ribeiro.

O prefeito disse que não vê a hora de poder proporcionar a população uma cidade limpa e com calçadas desobstruídas, e principalmente ver os ambulantes acomodados e vendendo seus produtos de forma ordenada e organizada de forma definitiva.

“Temos previsão de fazermos a desapropriação do quarteirão ao lado do porto para fazermos um centro de venda popular com estacionamento”, revelou.

Agência Trabalhista de Notícias com informações da Prefeitura de Manaus