Amazonino Mendes assume Prefeitura de Manaus e promete cortar gastos

PTB Notícias 2/01/2009, 15:57


O petebista Amazonino Mendes tomou posse nesta quinta-feira (1º/01) como prefeito de Manaus, capital do Estado do Amazonas.

Ele já foi três vezes governador do Amazonas e, agora, assume a prefeitura pela terceira vez.

Segundo Amazonino Mendes, o primeiro ato será a redução dos gastos da prefeitura, começando pelo número de secretarias: de 28 passam para 17.

“Todo secretário vai ter prazo para alcançar meta.

Não alcançando aquela meta é dispensado automaticamente”, diz Amazonino.

Nós vamos priorizar ações que tratem do trânsito infernal, da melhoria da saúde pública e fazer com que os pais vivam sem a preocupação com a educação pública municipal”, disse o prefeito eleito.

Aos vereadores, que também tomaram posse na mesma solenidade, ele prometeu uma relação “mais digna possível, em uma posição de extremo respeito, sem cambalachos e grupismos”.

Amazonino disse que sua administração será o mais participativa possível e disse que espera uma grande parceria com o governo federal e disse que assume uma administração municipal sem recursos.

“A prefeitura está engessada.

Por isso a principal prioridade destes primeiros seis meses de mandato será recuperar a capacidade de pagamento da prefeitura.

A ordem é cortar gastos”, disse o prefeito.

A população compareceu e fez platéia no meio do salão de entrada do principal teatro do Estado.

Durante todo o dia, carros de som circularam por vários bairros da cidade fazendo convite para a posse.

Amazonino Mendes tem 68 anos, é amazonense da cidade de Eirunepé.

Formado em direito pela Universidade Federal do Amazonas, foi governador do Estado por três mandatos (19987/1990 – 1995/1998 – 1999-2002) e senador pelo Amazonas (1991/1992).

Ele já foi prefeito da capital por duas vezes (1983/1986 – 1993-1994).

Agência Trabalhista de Notícias (com Agências)