Ano será da consolidação de investimentos em obras na cidade de Rio Pardo

PTB Notícias 11/01/2008, 13:23


Depois de atrair diversos investimentos de empresas e fazer a compra de novos equipamentos no ano passado, a prioridade da administração municipal da cidade gaúcha de Rio Pardo em 2008 é a finalização das obras em andamento e com recursos já liberados.

O prefeito Joni Lisboa da Rocha, do PTB do Rio Grande do Sul, afirma que a perspectiva é bastante positiva.

E resume o seu otimismo com uma frase: “Rio Pardo terá investimentos que nunca teve na sua história”.

O prefeito petebista diz que o ano de 2007 ficou marcado por vários aspectos.

No plano interno da administração municipal, cita a aprovação do plano de carreira para o magistério, tanto para o regime celetista quanto para os estatutários, considerado uma conquista histórica, principalmente para a área da educação.

Além disso, Joni Lisboa da Rocha destaca a compra de novos equipamentos para o parque de máquinas da Prefeitura depois de 40 anos sem haver renovação da frota.

O município investiu R$ 1 milhão na aquisição das quatro caçambas e de um compactador de lixo.

Os recursos foram obtidos por meio do Programa de Intervenções Viárias da Caixa/RS (Provias).

No plano externo, o prefeito Joni Lisboa da Rocha ressalta os investimentos de novas empresas, como a inauguração do Panifício Superpan e da filial do Grupo Zaffalon, e a confirmação de outros.

A Bilu Indústria de Alimentos Ltda começa nos próximos dias a instalação de um dos maiores pavilhões industriais já construídos em Rio Pardo.

O projeto deverá ser concluído em quatro ou cinco meses, gerando pelo menos 160 novas vagas de emprego, inicialmente.

A nova empresa desenvolverá as suas atividades em uma área de cerca de 45 mil metros quadrados, às margens da BR-471, próximo à Avenida Perimetral.

O empreendimento está avaliado em cerca de R$ 3 milhões, onde serão produzidos salgadinhos e biscoitos.

Outro empreendimento confirmado durante o ano passado é a construção do terminal portuário da Aracruz Celulose, que vai investir R$ 40 milhões em obras no município.

De acordo com o prefeito, o projeto deve começar a sair do papel ainda no primeiro semestre deste ano com a geração de 300 empregos diretos.

Joni Lisboa da Rocha afirma que as novas empresas representam a mudança no perfil econômico de Rio Pardo.

fonte: Jornal Gazeta do Sul (RS)