Após contenção de gastos, prefeito Chico Galindo prevê melhorias sociais

PTB Notícias 21/11/2011, 7:19


A Prefeitura de Cuiabá (MT) fechou o primeiro semestre de 2011 com saldo positivo de R$ 100 milhões nas contas financeiras.

O resultado deste equilíbrio fiscal se deve ao corte de gastos implementado pelo prefeito Chico Galindo (PTB) que demitiu mais de 2 mil servidores no começo deste ano entre comissionados e contratados e corte de gastos no primeiro escalão.

Conforme dados da Controladoria Geral do Município, as demissões e a contenção de despesas representaram redução de 50% na folha de pagamento.

Embora a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) estabeleça o limite de 54% nos gastos com despesa de pessoal, a administração municipal explorou menos de 45%.

O balanço administrativo e financeiro no período que corresponde de janeiro a agosto foi apresentado na última semana, na Câmara Municipal de Cuiabá pelo controlador-geral do Município, Luiz Mário de Barros.

O relatório com o balanço anual será apresentado ainda este ano.

Por conta do bom resultado, o prefeito Chico Galindo já planeja investimento em obras de melhoria nos bairros a partir de 2012.

“Esse saldo positivo nas contas já permitiu a compra de 70 máquinas pesadas e agora será feito o recapeamento asfáltico dos bairros.

Não tenho dúvidas de que 2012 será melhor do que 2011.

Faremos uma gestão ainda mais leve sem o peso de grandes dívidas.

A folha de pagamento do funcionalismo está sendo paga em dia e não haverá problemas para quitar o 13º salário”.

Galindo sustenta ainda que o equilíbrio fiscal é uma das promessas de seu mandato que iniciou em abril de 2010 devido à renúncia de Wilson Santos (PSDB) para concorrer ao governo do Estado.

“No primeiro dia que assumi a prefeitura declarei que iria trabalhar pelo crescimento da receita sem gerar aumento dos impostos.

Infelizmente, houve mil demissões, mas, precisávamos de medidas austeras para arrecadar bem e futuramente gastar melhor ainda”.

ParceriaEm busca de recursos para aumentar ainda mais a capacidade de investimentos, a Prefeitura de Cuiabá firmou parceria com o Tribunal de Justiça (TJ/MT), na manhã desta quarta-feira (16).

Foi celebrado um termo de cooperação técnica, que dará celeridade ao julgamento de dois mil processos envolvendo dívidas de ISS, IPTU e multas diversas, por meio de conciliação.

“Esperamos arrecadar de R$ 10 a R$ 15 milhões, com a execução destes dois mil processos pendentes.

A minha exigência é que todo esse dinheiro seja investido em Saúde, Educação e Infraestrutura, dentro de uma conta específica”, comenta Galindo.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do Portal Mídia News