Aprovada comissão sugerida por Zeca para acompanhar ações contra seca

PTB Notícias 18/03/2015, 18:04


O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na terça-feira (17/3/2015), a criação de uma comissão externa para acompanhar o andamento de obras federais, estaduais e municipais de combate à seca no semiárido nordestino.

A comissão foi sugerida pelo deputado Zeca Cavalcanti (PTB-PE) e será formada por nove deputados.

“A criação desta comissão é uma vitória para os nordestinos que vivem nesta região.

Temos que permanecer vigilantes nas ações de combate à seca.

A estiagem é devastadora na vida de diversas famílias”, ressaltou Zeca.

Entre as ações que serão monitoradas pela comissão estão as linhas emergenciais de crédito, a renegociação de dívidas agrícolas, a expansão dos programas bolsa estiagem, a garantia-safra e a operação carro-pipa.

“Vamos agendar audiências com os ministérios da Agricultura e da Integração Nacional para acompanharmos e ampliarmos essas ações tão importante para os que convivem sobre os efeitos da estiagem do Nordeste”, afirma o petebista.

Zeca lembra que o colapso do abastecimento de água, provocado pela estiagem, está causando a pior seca dos últimos 50 anos no semiárido nordestino, e afirma a importância da participação ativa para enfrentar o problema.

Para se ter uma ideia, 60% dos municípios de Pernambuco sofrem com o racionamento de água.

O açude Poço da Cruz – maior reservatório do Estado, situado em Ibimirim – chegou a ter 7% da sua capacidade de água, de um total de 500 milhões de metros cúbicos.

A oferta de água foi suspensa para evitar o volume morto, que agravaria ainda mais o colapso da falta de água.

Zeca Cavalcanti ressalta o destaque das constantes notícias veiculadas na imprensa sobre seca no semiárido.

Já este ano, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) apontou que há 45% de chance da quadra chuvosa ser abaixo da média, em municípios dos estados de Pernambuco, Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte e Piauí.

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) ressalta que “nesse período, chove em torno de 400mm, mas, devido à atuação do fenômeno El Niño, a previsão é que chova abaixo de 70% do esperado”.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria do deputado Zeca Cavalcanti (PTB-PE)Foto: Divulgação