Aprovada proposta de Luís Augusto Lara que institui campanha de prevenção à cegueira no Rio Grande do Sul

Agência Trabalhista de Notícias - 13/06/2018, 7:55

Crédito: Marcelo Bertani/ALRS

Imagem

O plenário da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou na terça-feira (12), por unanimidade, o projeto de lei 119/2017, do deputado Luís Augusto Lara (PTB). Agora, após a sanção da proposta, o mês de abril entra no calendário do Estado como um período de mobilização contra diversos tipos de cegueira.

“Até 80% dos casos da doença no Brasil podem ser evitados com um trabalho forte de prevenção. Pois é isto que a Assembleia gaúcha aprovou. Vamos aconselhar, alertar e encaminhar as pessoas para os exames necessários”, afirma Lara.

No Brasil, existem mais de 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual, sendo 582 mil cegas e 6 milhões com baixa visão, segundo dados do Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 700 mil brasileiros que são cegos poderiam estar enxergando se tivessem recebido tratamento adequado e em tempo adequado.

“Assim como nos acostumamos ao Outubro Rosa, ao Novembro Azul e a outras datas importantes, temos agora o Abril Marrom. Antes tarde do que nunca. Obrigado aos colegas parlamentares, que tiveram a sensibilidade de aprovar o projeto por unanimidade”, destacou o petebista.

Entre as principais ações do Abril Marrom nos locais onde já vigora a lei, estão diagnósticos e tratamentos precoces para prevenção de vícios de refração, catarata, retinopatia diabética, glaucoma e degeneração macular.

Com informações da assessoria da bancada do PTB na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul