Aprovado PL de Lara que cria Programa de Diagnóstico ao Diabetes infantil

PTB Notícias 26/06/2013, 7:36


Durante a sessão ordinária de segunda-feira (24/6/2013) da Câmara Municipal de Bagé (RS), foi aprovado por unanimidade o projeto de lei do vereador Divaldo Lara (PTB) que cria o Programa de Diagnóstico ao Diabetes, Hipertensão e Anemia Infantil, na rede municipal de ensino.

Antes de protocolado, o projeto, solicitado pelo pai de duas crianças diabéticas, Marcelo Filandro, foi levado por Divaldo Lara ao conhecimento de entidades, pacientes, profissionais da área e à Secretaria Municipal de Saúde.

A secretária Aura Stela Pereira prometeu apoio à implementação do projeto, além de sugerir a inclusão de dois tipo de anemias específicos, a falciforme e a talassemia, ambas doenças hereditárias que afetam o sangue e estas incluídas no projeto do vereador.

“Acredito que um programa somente seja eficaz quando ouve as pessoas que serão beneficiadas por ele, pois são elas que detém o conhecimento diário da situação.

Por isso sempre colho sugestões antes de protocolar um projeto”, diz o vereador Divaldo Lara.

Entre as ações previstas estão exames de sangue no início do ano letivo, com anuência dos pais, para detecção dos problemas.

Se constatada a existência das doenças, as crianças portadoras passarão, segundo o projeto, a receber merenda especial de acordo com a necessidade.

A secretária entende que a implementação não será dispendiosa e que o segredo para o sucesso do programa dependerá de maior organização de cardápio para a hora da merenda.

Além disso, verificação periódica de açúcar no sangue, tratamento de hipoglicemia com açúcar de emergência, injeção de insulina quando necessário, acesso livre e irrestrito à água e ao banheiro e participação das aulas de educação física e outras atividades extracurriculares estão incluídas no descritivo do projeto.

“O intuito deste projeto é detectar possíveis portadoras, além do tratamento adequado para as mais de 200 crianças com diabetes no ambiente escolar, que é um dos locais de maior permanência diária.

Além disso, com a detecção dos problemas a tempo, o tratamento pode alcançar a cura”, comenta Divaldo Lara, que conta com o apoio da Juventude do PTB para realizar campanhas de divulgação e levar o projeto a conhecimento de pais e professores, nas escolas.

Conforme disposto no artigo 70 da Lei Orgânica do Município, o projeto para ser implementado, aguarda autógrafo do prefeito em um prazo de até 15 dias úteis, que, concordando, o sancionará.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do vereador Divaldo Lara (PTB-RS)