Aprovado projeto de Aloísio Classmann para o fomento do turismo gaúcho

PTB Notícias 18/04/2007, 9:17


O projeto de lei nº 398/2006 do deputado estadual Aloísio Classmann, do PTB do Rio Grande do Sul, que institui a Política Estadual de Fomento ao Turismo Rural no Estado, foi aprovado por unanimidade na reunião da Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa gaúcha nesta terça-feira (17).

Segundo o deputado petebista, autor do projeto, a Política Estadual do Turismo Rural tem como objetivos assegurar a manutenção do homem no campo; agregar valor aos produtos rurais, despertando o contato direto entre o produtor e o consumidor final; integrar o campo e a cidade, estimulando a troca de valores culturais; e promover o conhecimento e a compreensão sobre o meio ambiente focado em sua preservação e uso racional.

De acordo com Classmann, a idéia de implantação de uma política de Turismo Rural surgiu baseada nos anseios recolhidos junto à sociedade gaúcha no transcorrer das atividades da Comissão Especial do Turismo Rural realizada pela Assembléia gaúcha.

“Integrar os cidadãos pela prática de políticas públicas de inclusão, geração e distribuição de renda talvez se constitua na busca de toda política que pense em curto, médio e longo prazo, a construção de qualidade de vida aos cidadãos gaúchos”, disse ele.

O projeto, que inclui ações integradas com a política estadual do turismo, sugere a criação de um órgão permanente, colegiado e deliberativo, o Comitê Estadual de Fomento ao Turismo Rural, que será formado por representantes da Secretaria Estadual do Turismo, Esporte e Lazer, da sociedade civil, agricultores, trabalhadores rurais, sindicatos, Câmara do Turismo do RS e do Sindicato Estadual dos Guias de Turismo.

Conforme o petebista, o projeto pretende contemplar o agricultor como base do turismo, oferecendo ao visitante o domínio da rotina de uma propriedade rural, de como vive uma família no campo, a gastronomia colonial e o processo produtivo.

“É preciso ter consciência de que a atividade turística tem uma espécie de ciclo de vida com fase distintas: de implantação, crescimento e amadurecimento, e só uma política setorial de qualidade pode propiciar essa evolução”, concluiu o deputado Aloísio Classman.

fonte: site do PTB – RS