Arlen Santiago busca implantação de Projeto que irá beneficiar as Polícias

PTB Notícias 4/05/2014, 12:03


O deputado estadual Arlen Santiago, do PTB, solicitou ao governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, e ao secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, a implantação do Projeto Procedimento Virtual de Polícia Judiciária e Justiça Social na região Norte de Minas Gerais.

(http://www.

arlensantiago.

com.

br/site/wp-content/uploads/2014/04/Cylton-Brand%C3%A3o-e-R%C3%B4mulo-Ferraz.

png) O Projeto foi apresentado, em fevereiro deste ano, pelo então chefe de Polícia Civil, Delegado Cylton Brandão, à Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, e pretende melhorar o trabalho da Polícia Judiciária e diminuir os deslocamentos realizados devido aos plantões regionalizados.

Com a implantação do novo sistema eletrônico, o risco de acidentes automobilísticos que policiais militares, vítimas, testemunhas e autores de crimes correm quando se deslocam para as delegacias de plantões no interior do Estado poderá ser reduzido.

O Projeto pretende ainda evitar que um determinado município fique desguarnecido com a ausência dos policiais em deslocamento, além de reduzir os gastos com combustível, desgastes das viaturas e pagamento das diárias a policiais militares já que, algumas ocorrências podem durar até 20 horas e os deslocamentos podem chegar até 400 quilômetros, entre ida e volta.

Quarteis e Delegacias de polícia serão equipados com câmeras de vídeo, microfones e o aplicativo de voz e vídeo Skype.

Policiais se comunicarão por meio eletrônico para procedimentos que não exigem condução do infrator, da vítima, da testemunha e nem dos objetos apreendidos.

Quando for essencial a presença dos militares, como em casos de prisão em flagrante, a Polícia Civil disponibilizá um sistema de senhas para monitorar o tempo de espera, que é uma das maiores reclamações dos militares.

“Devido aos grandes deslocamentos, os policiais militares ficam exaustos.

Além disso, há uma enorme preocupação com a segurança pública, pois o município fica desguarnecido e o cidadão, desprotegido”, destacou Arlen Santiago.

O Projeto-Piloto já foi testado no plantão regionalizado de Ubá, onde 50% dos atendimentos foram virtuais e trouxe uma economia de 14.

464 km, o que corresponde cerca de 90,4 horas de trabdelas houve necessidade de deslocamento de viatura para o plantão regionalizado em Ubá.

alho.

No período de 17 de outubro a 20 de novembro foram registradas 1.

700 ocorrências, apenas em 5%”O Projeto é uma grande inovação, e irá gerar economia para o Estado.

O Governo deverá comprar equipamentos necessários, como novos computadores e uma boa internet.

É muito mais barato equipar a Polícia Militar e a Polícia Civil com equipamentos tecnológicos avançados do que continuar com policiais e viaturas fazendo milhares de deslocamentos todos os dias, o que vem causando enorme prejuízo tanto para os policiais, quanto para a população”, ressaltou.