Arlen Santiago quer município de Manga como referência da saúde na região

PTB Notícias 9/04/2010, 14:39


O deputado estadual Arlen Santiago (PTB/MG) participou, no final de abril, de uma audiência com a Diretora de Planejamento da Secretaria de Estado de Saúde, Iveta Malaquias, juntamente com o Prefeito de Manga, Joaquim de Oliveira Sá Filho (Quinquinha), solicitando a criação de uma microrregião, com sede em Manga/MG, para atendimento à saúde.

Atualmente, os atendimentos aos municípios de Juvenília, Montalvânia, Miravânia, Matias Cardoso e São João das Missões são feitos em Januária.

No entanto, Arlen Santiago explica que devido a extensão territorial da microrregião do Médio São Francisco, houve a necessidade de se solicitar essa divisão, para que a população do lado esquerdo do Rio São Francisco pudesse melhor ser atendida.

Caso o pedido seja aprovado, o município de Manga será referência em gestão de saúde, recebendo recursos do Programa de Fortalecimento e Melhoria da Qualidade dos Hospitais do SUS/MG – Pró-Hosp, que investe na melhoria da estrutura física, dos processos e na qualidade da gestão, e, consequentemente da assistência prestada nas instituições.

Em Manga, os recursos do Pró-Hosp serão destinados à melhorias na infraestrutura do Hospital Regional de Manga que, atualmente, atende os municípios de Juvenília, Montalvânia, Miravânia, Matias Cardoso e São João das Missões.

Para o prefeito Quinquinha, com essa aprovação, ele poderá oferecer um melhor atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde – SUS.

“Assim, diminuiremos a distância que as pessoas necessitadas de cuidados médicos precisam percorrer até o atendimento em Januária, Janaúba e Montes Claros”, enfatizou.

Arlen Santiago destacou a importância em melhorar a qualidade da atenção à saúde: “Criar a microrregião com sede em Manga significa oferecer atendimento mais próximo das pessoas, garantindo a elas acesso às ações e serviços necessários para a resolução de seus problemas de saúde.

Ao fortalecer as microrregiões ajudamos a desafogar os grandes centros, como Montes Claros”.

O pleito agora passará pela Comissão Intergestores Bipartite – CIB estadual que deverá analisar e aprovar a solicitação.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da assessoria do dep.

Arlen Santiago)