Armando Abílio defende debate sobre fidelidade partidária

PTB Notícias 24/11/2007, 11:57


O Deputado Armando Abílio (PTB-PB) divulgou, no plenário da Câmara, a realização do 3º Encontro Regional do PTB da Paraíba, ocorrido ontem, 23 de novembro, no município de Sousa.

O principal tema debatido no Encontro foi a questão da fidelidade partidária.

“O objetivo principal e a razão de ser dessa reunião foram a aproximação com os nossos correligionários, num ambiente de fraternidade, união, respeito e, principalmente, energia, para que todos os companheiros participem do processo eleitoral municipal de 2008.

Com esse novo modelo, o partido cresceu e muito, estando presente, devidamente regularizado, em 200 municípios”, disse o Deputado petebista.

“É este um tema polêmico, mas atual.

Quando falamos em fidelidade partidária, ficamos tristes, porque não conseguimos votar nesta Casa proposta de reforma política de acordo com as necessidades e com a vontade da população”, afirmou Armando Abílio.

“O TSE fez a leitura e afirma, avalizado pelo Supremo Tribunal Federal, que o mandato pertence ao partido e não ao político”, complementou.

“Na semana passada, participei de um programa, em que o foco foi exatamente a fidelidade partidária.

Alguém chegou a questionar por que o Congresso Nacional tem deixado de cumprir as suas obrigações.

Até concordei com a pessoa e disse que esta Casa está esmagada pelo Poder Executivo.

Passamos aqui a maior parte do tempo votando medidas provisórias.

Há mais ou menos três semanas só debatemos, só ouvimos encaminhamentos e só votamos medidas provisórias.

E, quando deixamos de legislar, o Poder Judiciário faz as suas interpretações”, afirmou o Parlamentar do PTB.

“A intenção da administração partidária é a de ser colegiada, participativa, sobretudo democrática, porque, usando e utilizando essas ferramentas, não temos dúvidas, em 2008 vamos realizar os nossos sonhos e materializar todos os nossos projetos político-partidários.

Sabemos e entendemos que não é fácil, que vamos encontrar nessa luta vários obstáculos e várias dificuldades, mas, colocando o espírito partidário acima dos nossos interesses individuais, venceremos”, concluiu ele.

Agência Trabalhista de Notícias