Armando defende aumento de limite para compras em free shops brasileiros

PTB Notícias 13/08/2013, 16:58


O aumento de 500 para 1.

200 dólares do limite para compras em free shops com isenção de impostos foi proposto pelo senador Cyro Miranda (PSDB-GO).

E defendido na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) pelo relator, senador Armando Monteiro (PTB-PE).

“Em termos de mérito, é forçoso concordar com o autor do projeto que o limite atual de 500 dólares, mantido há mais de 30 anos, está desatualizado, por mais que a inflação em moeda americana não seja a mesma da realidade vivida pelo nosso país.

Só esse motivo já seria suficiente para opinar pela validade da medida”, disse Armando.

A proposta que altera o limite das lojas francas localizadas em portos e aeroportos foi aprovada, mas recebeu críticas do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP).

“Você entra no aeroporto brasileiro, tem uma loja franca, para você comprar mercadoria estrangeira, eu me pergunto, qual a vantagem para a economia brasileira desta prática? Acho que tem sentido ter free shop para quem estiver no Brasil ao sair do Brasil poder comprar com dedução de tributos os produtos brasileiros.

Agora um free shop na entrada do país, eu não vejo muito sentido nisso”, disse Aloysio.

Tanto o autor quanto o relator acreditam que a elevação do teto atual vai representar um justo incentivo à atividade das lojas francas.

A proposta segue para votação na Câmara dos Deputados.

Agência Trabalhista de Notícias (NM), com informações da Rádio SenadoFoto: Marcos Oliveira/Agência Senado