Armando Monteiro anuncia plano nacional de exportação

PTB Notícias 9/01/2015, 8:22


Ao tomar posse como ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, nesta quarta-feira (7/1), o pernambucano Armando Monteiro Neto (PTB) anunciou que, nos próximos meses, a pasta estará lançando um plano nacional de exportação, que será construído em parceria com o setor privado.

Dentre as medidas anunciadas, Armando prometeu reduzir entraves ao financiamento para exportação.

O novo ministro defendeu a necessidade de o Brasil atingir uma nova dimensão no setor de comércio exterior e citou o Mercosul, os Estados Unidos e a China como os principais parceiros comerciais do País.

O petebista pregou que é o Brasil precisa ter mais inserção no mercado internacional.

Armando Monteiro lembrou que o Brasil é o 7º PIB mundial, mas é apenas o 22º exportador.

Ele também disse que o País representa hoje apenas 1,2 do volume total de exportações no mundo e é responsável por apenas 0,7% das exportações de manufaturados.

“Não há política industrial sem uma política ativa de comércio exterior.

São faces da mesma moeda”, defendeu.

o novo ministro também pregou que há um “sentido de urgência” na adoção dessas medidas.

Além do plano nacional de exportação, Armando elegeu outros quatro eixos para sua gestão no ministério: a realização de reformas micro-fiscais; a renovação do parque fabril brasileiro; estímulo à inovação; e aperfeiçoamento da governança.

“O necessário ajuste macroeconômico não pode ter efeito paralisador sobre a agenda de avanço da competitividade”, pregou ainda o novo ministro ao falar sobre os cortes a que o governo federal vai ter que se submeter.

A posse de Armando Monteiro foi prestigiada por 13 outros ministros do governo Dilma Rousseff (PT).

Dentre eles, o trio que compõe a equipe econômica do Planalto: o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini; o ministro da Fazenda, Joaquim Levy; e o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do Blog do Jamildo Foto: Divulgação/Assessoria