Armando Monteiro critica barreiras de empréstimos para não demitir

PTB Notícias 23/01/2009, 17:30


A classe empresarial rebateu com duras críticas a proposta do governo de vincular os empréstimos do BNDES à garantia de manutenção de empregos nas empresas.

O presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), o deputado federal Armando Monteiro Neto, do PTB pernambucano, chamou de “exercício demagógico” a ideia de vincular o crédito do BNDES à manutenção dos empregos nas empresas.

“Não é realista dizer “eu lhe forneço dinheiro e você assume tal compromisso [não demitir].

A demissão é um último recurso.

Tudo o que violenta a lógica do mercado acaba sendo artificial”, disse Monteiro.

“O que segura o emprego é o crescimento econômico.

” O deputado petebista afirmou ainda que o desemprego na indústria ainda deve aumentar no primeiro trimestre deste ano, mas a situação deve começar a se equilibrar a partir do segundo trimestre.

“Ainda teremos um agravamento.

Mas acho que no segundo trimestre a queda do emprego vai estancar”, disse o presidente da CNI, após participar de reunião na Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) nesta quinta-feira (22/1).

fonte: Folha Online