Armando Monteiro diz que próximo presidente tem que realizar ajuste fiscal

PTB Notícias 30/07/2006, 12:03


Reconduzido à presidência da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o deputado federal Armando Monteiro Neto dá o seu recado: seja qual for o futuro presidente do Brasil, é preciso que a política macroeconômica passe a ser olhada através de um novo padrão de ajuste fiscal, sem aumento de impostos, sem corte nos investimentos, e com maior controle e mais eficiência nos gastos públicos.

Candidato à reeleição para uma vaga de deputado federal no Estado de Pernambuco, Armando Neto tem um dado interessante.

Em 19 dos últimos 25 anos, o Brasil cresceu menos que o resto do mundo.

E, de acordo com Armando, se seguir o padrão de crescimento das duas últimas décadas, o país levará 100 anos para dobrar a renda per capita.

“Quando chegar lá estará no patamar do que é hoje Portugal”, diz o presidente da CNI.

Neste domingo, o deputado Armando Monteiro estará em Lajedo, no agreste pernambucano, onde comparece a uma reunião com o deputado estadual Marcantônio Dourado (PTB) e lideranças da região.

No encontro, Marcantônio vai anunciar o apoio do seu grupo político à candidatura de Armando à Câmara Federal.

Ainda neste domingo o deputado participa da realização da Missa do Vaqueiro do município de Tacaimbó.

O grupo estará acompanhado do prefeito da cidade Washington Luiz da Silva (PTB).