Armando Monteiro Neto destaca articulação por mais recursos para obras

PTB Notícias 5/02/2011, 23:47


O senador petebista Armando Monteiro esteve reunido na última sexta-feira (04/02/2011) por quase uma hora com o governador Eduardo Campos (PSB), no Palácio das Princesas, no Recife.

Armando fez questão de visitar Eduardo em seu primeiro compromisso em Pernambuco após ser empossado no Congresso Nacional.

Durante a audiência, no final da manhã, eles combinaram uma maneira de unir esforços em Brasília em favor da liberação da recursos para um conjunto de obras em andamento hoje no Estado e que são fundamentais, a exemplo da Ferrovia Transnordestina, da Transposição do Rio São Francisco, das duplicações das BRs 104, 408 e 101.

Após a audiência, Armando comentou o encontro.

Veja o vídeo ( (http://www.

youtube.

com/watch?v=lcLgy8l1guI) http://www.

youtube.

com/watch?v=lcLgy8l1guI) ou leia a transcrição dele abaixo:–> O simbolismo da visita”Foi uma visita de caráter administrativo, de caráter prático.

O simbolismo é que eu gostaria que a minha primeira visita na condição de senador fosse ao governador do Estado.

Não só para traduzir o meu reconhecimento ao papel que o governador teve na nossa eleição, na eleição deste conjunto, onde estou inserido, e ao mesmo tempo o simbolismo de reafirmar os compromissos que assumi com Pernambuco, o que passa naturalmente por um compromisso de alinhamento com o governo, com as ações do Governo de Pernambuco”.

–> Demanda por investimentos”Então, por exemplo, nós sabemos que Pernambuco neste momento tem o desafio de concluir uma série de obras que demandam recursos da área federal.

Pernambuco com esse ritmo novo de crescimento, com a multiplicidade de projetos, a demanda de recursos para infraestrutura aumentou muito.

E esses recursos têm que ser em grande medida atendidos na área federal.

Além desse portifólio, a Transnordestina, Transposição, o sistema viário com a duplicação da BR-104, da 408, a própria 101, toda a infraestrutura complementar de Suape, acesso rodoviário, os cais novos, a expansão da área de retroporto de Suape, tudo isso significa uma demanda extraordinária de recursos.

Por exemplo, a Transnordestina, no ritmo que está, demanda quase R$ 150 milhões por mês.

Então como o Senado da República representa a Federação os senadores de Pernambuco têm de estar muito alinhados com esta questão, quer dizer, como podemos somar o nosso esforço e a nossa atuação e ter ao mesmo tempo uma atenção permanente sobre esses projetos que são fundamentais para Pernambuco”.

–> O resultado prático da visita”Eu falei do caráter simbólico da visita e agora vou falar do operacional, em termos práticos.

O governador esteve com a presidente Dilma semana passada e repassaram todos esses projetos que são de Pernambuco e que rebatem na área federal.

Então o que é que nós vamos fazer? Vamos fazer um encontro aqui com o governo.

O governador anunciou essa intenção, de chamar os senadores, para que a gente possa fazer uma avaliação de todo esse elenco de projetos, como as áreas estão tocando isso, em que estágio estão, o que vão demandar, quais são as necessidades de recursos, quais são os óbices, quais são as dificuldades, para que os nossos gabinetes, as nossas equipes, estejam lincados, fazendo um acompanhamento permanente do andamento disso.

Naturalmente o governador vai indicar um secretário, possivelmente o de planejamento e gestão, e nós vamos ficar acompanhando com as secretarias, de uma forma mais orgânica, o andamento dessas coisas.

Eu acho que isso é importantíssimo para que a gente possa estar acompanhando cada projeto desse e eu quero orientar muito a minha atuação nessa direção.

Esse é o primeiro compromisso que eu tenho”.

fonte: site do senador Armando Monteiro (PTB-PE)