Armando Monteiro Neto vê necessidade de prorrogar redução do IPI

PTB Notícias 24/06/2009, 19:08


Ainda é necessário manter o IPI reduzido para a indústria de veículos, segundo avaliação do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o deputado federal Armando Monteiro Neto, do PTB de Pernambuco.

Ele afirma, no entanto, que esse é um incetivo pontual e seletivo, não havendo espaço fiscal para ações muito longas nesse sentido.

No caso dos veículos, a vigência do incentivo acaba na semana que vem, dia 30, e o governo ainda não sinalizou intenção de prorrogá-lo, embora haja comentários de que poderá ser adotado um aumento gradual das alíquotas do imposto.

O deputado Armando Monteiro defende a prorrogação, diz que o IPI menor ainda é necessário e ressalta que os efeitos positivos da desoneração são inegáveis.

“Mas a indústria reconhece que o espaço fiscal do governo é limitado”, diz.

Para Monteiro Neto, o aumento “explosivo” dos gastos correntes do governo impede uso mais intensivo de medidas anticíclicas.

A decisão do governo, tomada em dezembro do ano passado, reduziu de 7% para zero a alíquota de IPI para carros populares.

A alíquota sobre carros com até 2 mil cilindradas foi cortada pela metade.

A vigência da medida já foi prorrogada em março, quando estava previsto o fim do incentivo.

fonte: O Globo Online