Armando Monteiro quer reforçar combate às drogas no Orçamento de 2018

Agência Trabalhista de Notícias - 10/07/2017, 16:10

Crédito: Ana Luiza Sousa/Divulgação

Imagem

O líder do PTB no Senado, Armando Monteiro (PE), apresentou uma emenda para dobrar a meta de projetos de combate às drogas. A proposta é para a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, que está sendo discutida no Congresso Nacional. A LDO estabelece as metas e prioridades para o Orçamento do ano seguinte.

Armando propõe que projetos de prevenção, cuidado e reinserção social dos usuários de drogas tenham meta ampliada de 11 mil para 25 mil. O trabalhista lembrou estudos que apontam que o Brasil é o segundo maior consumidor de cocaína e derivados do mundo, e que a idade média de iniciação no consumo de substâncias ilícitas é de apenas 13 anos.

“É uma situação grave, em Pernambuco e em todo o país, que compromete o futuro da nossa juventude e precisa de atenção e prioridade do Estado brasileiro. É fundamental aumentar as metas de repressão ao tráfico de drogas e, em especial, as ações que previnam sua disseminação, principalmente em segmentos populacionais em situação de maior vulnerabilidade social”, avalia.

A proposição será agora apreciada na Comissão Mista de Orçamento, que elabora a versão final da proposta de LDO que será votada no Congresso.

Com informações da assessoria do senador Armando Monteiro (PTB-PE)