Armando Monteiro quer urgência para PL que define crime de vandalismo

PTB Notícias 12/02/2014, 8:53


O senador Armando Monteiro (PTB-PE) informou em plenário, na terça-feira (11/2/2014), que requereu a apreciação em regime de urgência do projeto de sua autoria que caracteriza o crime de vandalismo e estabelece penas de 4 a 12 anos de prisão ( (http://www.

senado.

gov.

br/atividade/Materia/detalhes.

asp?p_cod_mate=115638″ target=”_blank) PLS 508/2013).

A matéria aguarda distribuição na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

O texto também prevê multa para aqueles que participam de atos coletivos de destruição, dano ou incêndio em imóveis públicos ou particulares, equipamentos urbanos, instalação de meios de transporte de passageiros, veículos e monumentos.

O senador lamentou a morte do cinegrafista da TV Bandeirantes, Santiago Andrade, atingido por um rojão num protesto de rua no Rio de Janeiro.

Armando criticou aqueles que, segundo ele, se negam a “chamar as coisas pelo verdadeiro nome” e tornam a sociedade vítima da licenciosidade, do niilismo e da alienação cívica e política.

“Já chega de tratar marginal como herói romântico.

Temos a obrigação de tratar a realidade como ela é.

Os responsáveis [pela morte do cinegrafista] são assassinos, bandidos, facínoras e não simples manifestantes ou militantes.

Merecem punição rigorosa e célere”, concluiu.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Agência SenadoFoto: Moreira Mariz/Agência Senado