Armando Monteiro se encontra com Dilma e conversa sobre Pernambuco

PTB Notícias 27/11/2013, 9:24


Depois de ter conversado por mais de duas horas com o ex-presidente Lula (PT), em São Paulo, há cerca de 15 dias, e de ganhar do petista a garantia de seu engajamento na campanha de 2014, inclusive com visitas a Pernambuco, o senador Armando Monteiro (PTB-PE) foi recebido na terça-feira (26/11/2013) pela presidente Dilma Rousseff, em Brasília.

Na pauta, o processo político de Pernambuco entrou na discussão.

O assunto não foi o tema central, mas foi tratado durante almoço que Dilma teve no Palácio da Alvorada com um pequeno grupo de parlamentares da base aliada para tratar da conjuntura política e econômica do país.

Durante o encontro, a presidente explicou a Armando que está acompanhando atentamente o desenrolar da política em Pernambuco e afirmou ter ficado satisfeita com o desfecho do Processo de Eleição Direta do PT (PED) no estado.

Após intensas costuras, os petistas finalmente se entenderam e evitaram a realização do segundo turno para não acirrar ainda mais os ânimos.

Ficou acordado que a deputada estadual Teresa Leitão ocupará a presidência do PT local por dois anos e depois abrirá mão do mandato para o segundo colocado, o advogado Bruno Ribeiro.

Ao ser indagado se ele saiu do encontro com a garantia de apoio da presidente para levar adiante seu projeto de eleição no estado e se contrapor ao candidato do PSB, do governador Eduardo Campos, o senador despistou.

“Não fui para tratar de apoio.

Dilma tem a certeza que o PT de Pernambuco e o PTB vão trabalhar juntos para dar força ao seu palanque no estado.

Ela está acompanhado o quadro local”, destacou.

Armando disse acreditar que Dilma irá em Pernambuco em breve e que ele dará algumas sugestões para montagem da agenda dela no estado.

“Não há data definida, mas meu sentimento é de que ela virá a Pernambuco, talvez ainda este ano”, previu.

Segundo o senador, Dilma demonstrou confiança sobre os rumos do Brasil.

Depois do encontro com Dilma, Armando se encontrou rapidamente com a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, para tratar sobre a vinda de quatro ministros ao estado na segunda-feira.

De lá, o senador teve uma reunião no Ministério da Integração Nacional para discutir sobre polêmica obra de irrigação do Canal do Sertão Pernambucano, que depois de pronto levará água potável para diversos municípios.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Diário de Pernambuco