Arnaldo diz que um projeto dos aposentados pode ser votado imediatamente

PTB Notícias 31/03/2010, 11:20


O deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP) afirmou nesta terça-feira (30/03) que, dos projetos prioritários para os aposentados brasileiros, apenas um deles tem condições de votação imediata em Plenário.

“O que tem condição de ser votado agora – e nós estamos pressionando o presidente da Câmara – é o fim do fator previdenciário, que traz um prejuízo de 30% a 40% para quem se aposenta, se for homem, e até 50%, se for mulher.

Isso aí é uma perda irreparável e nós queremos recuperar.

E esse tem condição de votar”.

Durante a sessão solene em homenagem ao ao Dia Nacional do Aposentado, realizada no Plenário da Câmara na segunda-feira (29/03), a Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap) pediu a imediata votação desta e de outras matérias, como o projeto de lei (PL 1/07) que dá reajuste igual para as aposentadorias e o salário mínimo.

De acordo com o projeto, as aposentadorias e pensões devem ser reajustadas pelo índice de inflação mais o PIB integral, como acontece com o salário mínimo.

Porém, o governo admite, no máximo, um aumento com base na inflação mais a metade do PIB.

E a Cobap reclama de não ter sido ouvida nas negociações sobre o tema que o governo vem conduzindo com as grandes centrais sindicais, como a CUT e a Força Sindical.

O presidente da Cobap, Warley Gonçalles, teve um encontro com o presidente da Câmara, deputado federal Michel Temer e saiu da reunião dizendo que a palavra de ordem da categoria para os próximos dias será “pressão”.

“Se não colocar em pauta, nós vamos continuar fazendo o movimento.

Estamos na rua e não vamos parar enquanto os nossos PLs não forem votados.

A luta continua e nós vamos contar a colaboração do presidente Michel e o apoio dos deputados aqui”, afirmou.

Temer não se comprometeu com data para colocar a matéria em votação e incentivou a busca do diálogo com o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Luiz Dulci.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da Rádio Câmara)