Arnaldo Faria de Sá cobra votação de vetos a reajustes dos aposentados

PTB Notícias 22/10/2015, 18:20


O deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) criticou os adiamentos sucessivos das sessões do Congresso Nacional nas quais seriam analisados os vetos presidenciais às propostas de reajuste das aposentadorias e pensões do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e dos salários dos servidores do Poder Judiciário.

“Na verdade, o governo fez pressão em cima do presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), e ele acabou adiando a sessão conjunta apenas para novembro.

Os aposentados estão indignados e não aguentam mais continuar recebendo a miséria que estão recebendo, sem ter nada de aumento real”, destacou o parlamentar.

Arnaldo afirmou que, por não haver um aumento real das aposentadorias – que cubra as perdas com inflação, por exemplo –, os aposentados que recebiam cinco salários mínimos estão recebendo três, e os que recebiam três estão recebendo um.

“Isso não pode continuar acontecendo e esta Casa é tão irresponsável quanto o governo nessa situação”, disse.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria da Liderança do PTB na Câmara dos DeputadosFoto: Nilson Bastian/Câmara dos Deputados