Arnaldo Faria de Sá critica excesso de Medidas Provisórias

PTB Notícias 25/04/2007, 8:17


O deputado federal Arnaldo Faria de Sá, do PTB de São Paulo, criticou nesta semana, no Plenário da Câmara, o excesso de Medidas Provisórias editadas pelo governo Lula.

Segundo o deputado petebista, o envio excessivo de MPs vem impedindo a Casa de votar matérias importantes para o País.

Arnaldo propôs mudanças na Emenda Constitucional 32/01, que regulamenta a tramitação das MPs no Congresso Nacional, e afirmou que a culpa maior é dos próprios congressistas, que não mudam o rito de tramitação das MPs.

“Nós precisamos mudar a forma de tramitação das medidas provisórias, ou esta Casa estará aniquilada, estará submissa aos desígnios do Poder Executivo”, afirmou o deputado do PTB de São Paulo.

Apesar das críticas, Arnaldo Faria de Sá elogiou a aprovação de dispositivos da MP 340 que isentam aparelhos auditivos e cadeiras de rodas elétricas do pagamento do IPI e ressaltou que mais de 10% da população possui alguma necessidade especial.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do Jornal do Senado)