Arnaldo Faria de Sá critica situação da Previdência Social no País

PTB Notícias 17/03/2007, 10:36


O deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), em discurso no plenário, revelou que está sendo realizado na Câmara dos Deputados, o Seminário Internacional sobre Previdência Social, que trata do servidor público e das chamadas carreiras de Estado.

Segundo ele, todas as entidades representadas estão reunidas e preocupadas com a dissimulação que poderá ocorrer no Fórum Nacional da Previdência Social, instalado pelo Governo para mascarar eventual nova reforma da instituição.

“Lembro que já foram feitas duas reformas da Previdência Social.

Em nenhuma delas se encontrou a solução para o setor, porque, na verdade, buscam-se apenas os interesses econômicos e financeiros e não os da Previdência e da Assistência Social, em benefício dos brasileiros”, disse Arnaldo Faria de Sá.

“Também quero denunciar que existe estudo para a criação da previdência complementar do servidor público, com características de fundo privado, algo extremamente preocupante, uma verdadeira aberração.

Enquanto isso, aposentados e pensionistas da Previdência Social continuam lamentando a sua situação.

Ouço muitas reclamações de quem diz ter-se aposentado com benefício equivalente a 3, 4, 5 salários mínimos e que está, a cada novo reajuste, chegando mais perto de receber somente 1 salário mínimo.

Eis a verdadeira injustiça: quem não contribuiu, recebe 1 salário mínimo; e quem contribuiu durante longo tempo, também está perto de receber 1 salário mínimo”, protestou o parlamentar do PTB.

“Não é possível continuar acompanhando as reclamações de todos aqueles que vão, costumeiramente, ao Juizado Especial Previdenciário em busca da revisão e da atualização de seu benefício.

Esta Casa também tem culpa pelo que acontece com aposentados e pensionistas”, concluiu ele.

Agência Trabalhista de Notícias