Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) ressalta a importância dos educadores no país

PTB Notícias 11/10/2011, 11:33


O deputado federal, Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) em seu discurso no plenário na última segunda-feira (10/10/2011), ressaltou a relevância do papel do educador para o desenvolvimento do País: “Eu gostaria de registrar que no próximo dia (15/10) não estaremos aqui, porque será comemorado o Dia dos Professores.

Então, eu gostaria de deixar um registro da importância do professor em nosso país, apesar de estarem sempre abandonados, largados à própria sorte.

É nossa luta garantir que os professores aposentados tenham o mesmo direito em relação aos benefícios que são dados aos professores da ativa”, afirmou o parlamentar.

O petebista analisou o desrespeito dos alunos com os professores:” A luta da Associação dos Professores Aposentados do Magistério Público do Estado de São Paulo (APAMPESP) aqui nesta Casa vem desde a Constituinte, desde a revisão da Previdência, na época do Governo FHC, depois no Governo Lula.

Há um grande prejuízo para os professores.

Na minha época de aluno, havia uma verdadeira reverência as nossas mestras.

Hoje é tia para cá, tia para lá, um total desrespeito”, alertou o deputado.

Arnaldo Faria de Sá enfatizou a importância em avaliar a questão dos aposentados e pensionistas: “Tenho certeza de que este registro que fazemos aqui é para homenagear todos os professores do nosso País, em nome da APAMPESP, uma entidade de São Paulo que tem um grande trabalho.

Quero cumprimentar também a Confederação dos Aposentados e Pensionistas do Brasil (COBAP).

No dia de amanhã (11/10/2011) vai haver uma sessão especial em homenagem ao aniversário da COBAP, fruto de uma grande luta desde a Constituinte de 88.

Sem dúvida nenhuma, está largada e abandonada à própria sorte.

Parece que nesta Casa, muita gente não está preocupada com a situação dos aposentados e pensionistas.

Então a grande maioria deve ser filho de chocadeira, não deve ter pai nem mãe.

Nosso abraço pelo aniversário da COBAP”, indagou o petebista.

Agência Trabalhista de Notícias, por Paula de Biasi