Arnaldo manifesta indignação contra atitude da Polícia Rodoviária paulista

PTB Notícias 11/07/2006, 17:04


O deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) subiu à tribuna da Câmara para manifestar sua indignação contra um ato da Polícia Militar Rodoviária de São Paulo, que apreendeu um ônibus oficial da Guarda Municipal de São João de Meriti que trafegava pela Rodovia Ayrton Senna.

Segundo o deputado, essa atitude da polícia de São Paulo demonstra a má vontade deliberada da instituição contra as Guardas Municipais.

“O Tenente Farias foi por mim contatado no sentido de contemporizar aquela situação.

Expliquei-lhe que aquele era um veículo oficial da Prefeitura de São João do Meriti, o que lhe permitia ser liberado, mas ele disse ter ordens superiores de não liberar o veículo”, disse Arnaldo.

O deputado lamentou que a Polícia Militar Rodoviária de São Paulo pareça estar fazendo um jogo contra as Guardas Municipais.

A Guarda Municipal de São João de Meriti estava em Americana (São Paulo) participando de um congresso das guardas municipais e, ao passar pela Rodovia Ayrton Senna, seu veículo foi apreendido e seus componentes não tiveram condições de retornar à sua cidade natal.

“Quero registrar de forma indignada essa postura da Polícia Militar Rodoviária de São Paulo.

Em nome da Associação das Guardas, peço desculpas à Guarda Municipal de São João do Meriti pelo ocorrido” afirmou o deputado em seu discurso, lamentando a postura intransigente do oficial da polícia militar que, mesmo após ser convencido por Arnaldo de que não havia a necessidade de o ônibus ficar apreendido, não aquiesceu em sua atitude e manteve a sua ordem de recolher o ônibus ao pátio da Polícia Rodoviária de São Paulo.

“Isso foi lamentável.

Espero que a partir de agora os comandos superiores possam dar uma atenção melhor às polícias militares rodoviárias, a fim de que não tenham esse tipo de atitude com as guardas municipais”, concluiu o deputado Arnaldo Faria de Sá.

Agência Trabalhista de Notícias