Arnon Bezerra afirma que bancada cearense no Congresso está mais unida

PTB Notícias 14/01/2009, 12:58


A bancada federal cearense deve ter um novo líder em 2009.

A informação é do próprio coordenador do grupo de parlamentares cearenses em Brasília, o deputado Arnon Bezerra, presidente do Diretório Estadual do PTB no Ceará, que não mais pretende continuar no cargo que assumiu em 2008.

Informando que até março a bancada terá um novo coordenador, Arnon disse ter reaproximado os parlamentares e dado ´nova vida´ aos trabalhos do grupo que representa os interesses do Estado do Ceará no Congresso Nacional.

“Quando assumi, eu sugeri que cada parlamentar permanecesse por um ano a frente dos trabalhos da bancada e eu vou sair da liderança para que outro colega assuma”, informou o parlamentar, ao comentar detalhes da vigília cívica que os deputados cearenses fizeram em Brasília na última semana do ano passado para assegurar o empenho de uma parte das emendas de bancada ao Orçamento Geral da União (OGU) de 2008.

Assegurando que hoje a bancada está mais unida do que antes de ele assumir, Arnon assegurou que o único motivo pelo qual está deixando o cargo é a alternância, ´para que os parlamentares possam se revezar a frente dos trabalhos´, disse o coordenador, ao completar: ´eu já conversei com o José Linhares (PP), com a Gorete Pereira (PR), com o Guimarães (PT), mas vou reunir a bancada para conversarmos sobre isto, quando voltarem as atividades do Congresso´, assegurou.

EmendasArnon Bezerra destacou que foi positivo o trabalho feito pelos parlamentares cearenses na última semana de 2008 para que as verbas destinadas ao Ceará, no Orçamento da União do ano passado, tivessem a garantia de empenho neste ano.

Ele e vários deputados cearenses estiveram na linha de frente da visita ao Ministério do Planejamento para garantir a liberação das verbas alocadas pela bancada na referida peça orçamentária.

O deputado José Guimarães comemorou o fato de alguns projetos prioritários para o Estado terem sido empenhados pelo Governo Federal.

Segundo ele, a emenda do Cinturão Digital, do Governo do Estado, no valor de R$ 19,2 milhões, foi empenhado na íntegra, assim como os recursos para a conclusão das barragens Taquara e Figueiredo, totalizando R$ 20,6 milhões.

Alguns projetos, entretanto, tiveram os valores reduzidos, segundo Guimarães, como é o caso daquele que destina recursos para a Região Metropolitana de Fortaleza, que dos R$ 34 milhões alocados só conseguiu empenhar 2,9 milhões e o projeto de reforma das universidades federais cearenses, que empenhou apenas R$ 4,4 milhões, dos R$ 20 milhões colocados inicialmente.

Arnon, por sua vez, lamentou o fato de as emendas de bancada terem sofrido cortes de recursos.

´Esta é uma atitude de Governo prevendo alguma dificuldade financeira para o próximo ano´, ponderou.

Arnon e Guimarães destacaram que há um entendimento para que os parlamentares atuem de forma mais efetiva para garantir a liberação dos valores alocados na peça orçamentária de 2009, que tem um total de R$ 405 milhões em recursos para o Ceará.