Arnon Bezerra destaca importância da luta contra discriminação racial

Agência Trabalhista de Notícias 6/04/2016, 8:27


O deputado Arnon Bezerra (PTB-CE) participou da comissão geral realizada no Plenário da Câmara dos Deputados para discutir soluções contra o racismo em áreas como educação, cultura e trabalho.

Ele destacou a importância do evento: “Esta comissão geral traz a esta Casa a oportunidade de vivenciarmos uma maneira de nos instrumentalizar para diminuir a desigualdade que ainda existe, não só a racial, mas sobretudo a social.

“O debate ocorreu em homenagem ao Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial, 21 de março.

A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em memória das pessoas que morreram no chamado “massacre de Sharpeville”, em Joanesburgo, na África do Sul, em 1960, durante o regime do apartheid.

Na ocasião, morreram 69 pessoas e 180 ficaram feridas.

O parlamentar também lamentou um tumulto ocorrido na comissão geral.

Durante a execução do Hino à Negritude, algumas pessoas presentes ao debate ficaram de costas.

O representante do Movimento Brasil Livre, Fernando Holiday, chamou a música de “hino da segregação”.

O jovem, que é negro, criticou as falas dos participantes que o antecederam sobre o racismo no Brasil.

“Acredito que críticas são sempre bem-vindas, mas nunca acompanhadas de sarcasmo, de ironia e de desrespeito, porque perdem força e não são assimiladas.

Consequentemente, tornam-se palavras soltas que nada vão agregar ao trabalho que vem sendo conduzido nesta Casa”, disse Arnon Bezerra.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria da Liderança do PTB na Câmara dos DeputadosFoto: Ananda Borges/Câmara dos Deputados