Artur Bolinha diz que atual gestão quer fazer de CG um trampolim político

PTB Notícias 24/07/2012, 8:31


O candidato pelo PTB à Prefeitura de Campina Grande (PB), Artur Almeida (Bolinha), em entrevista ao Programa Rede Verdade nesta segunda feira (23/07), falou que o povo de Campina Grande clama por uma mudança na atual gestão que vem governando a cidade.

O candidato disse que é totalmente contrário ao modelo vigente, que não vê diferença da forma da administração atual em relação aos grupos passados, e que o objetivo do atual governo é fazer da cidade um grande trampolim político.

“O povo, as pessoas de Campina Grande, de fato quer mudanças.

O grupo que está governando Campina Grande está usando a cidade como um grande trampolim político, para permear, alicerçar e projetar familiares”, disse Bolinha disse que uma grande preocupação que tem com Campina Grande é a questão da infraestrutura.

Segundo ele, à periferia da cidade ainda é muito carente e esquecida.

Ele disse que desde 1888 nenhum benefício foi feito nas periferias da cidade e que tem muitas casas que estão sendo invadidas pelo esgoto, além de estarem com as paredes rachadas, tudo isso, segundo ele, devido a uma ausência de uma política habitacional que hoje não chega a 70% de cobertura da cidade.

“São famílias que vivem em condições subumanas que são verificadas em muitos outros lugares.

o sistema de esgoto não acompanhou o crescimento da cidade.

É preciso uma política muito séria no setor, porque infraestruturar é saúde é desenvolvimento social e econômico”, disse.

Bolinha também falou sobre suas propostas para criação de emprego e renda para a cidade de Campina Grande caso seja eleito.

Segundo ele, o grande foco para geração de empregos está no Setor de Serviço e que existem muitas empresas com esse perfil com vontade de se instalar em Campina Grande.

“Esse setor é o que mais cresce em nossa cidade.

Vamos atrair pra Campina Grande empresas no setor de serviços, que só hoje emprega 2500 na cidade.

O que falta são pessoa com a capacidade de estabelecer uma rede de contato que saiba dialogar com empresário”, disse.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do Portal Paraíba.

com.

br