Assembléia mais independente sob o comando do petebista Valter Araújo

PTB Notícias 3/02/2011, 17:41


Foi uma vitória fácil, 15 a 8, confirmando que o grupo melhor articulado na ALE-RO tinha mesmo bala na agulha.

A escolha de Valter Araújo (PTB-RO) para comandar a Assembleia Legislativa para o biênio 2011/2012 pode ser considerado um passo diferente, de independência em relação ao governo, ao contrário da atual gestão, que durante a administração Cassol esteve muito próxima ao Executivo.

O grupo vencedor teve a atuação elogiável de Valter Araújo, que sempre soube conduzir o processo com tranquilidade e equilíbrio, enquanto o grupo governista entrava na briga tarde demais.

Nos bastidores, sabe-se que Valter atuou com segurança, fechou os acordos políticos certos, cooptou votos importantes, deixados de lado pela turma governista, que praticamente entregou os pontos na hora incerta e tentou mudar o quadro na hora errada.

A inexperiência de alguns negociadores do novo governo foi decisiva para que o grupo de Valter – que conseguiu o fundamental apoio dos fiéis seguidores do agora ex-presidente Neodi Carlos – chegasse à vitória com uma margem muito folgada.

Fechou-se assim a cortina de uma batalha política intensa e a partir de agora começa um novo capítulo na história do legislativo rondoniense.

O que espera a população do presidente Valter e de todos os demais deputados? Certamente, que eles visem os interesses do Estado acima de quaisquer outros.

Que tratem de trabalhador duro, de criar e votar projetos de qualidade para a melhoria de vida da população; que tenham seus olhos voltados para o bem comum e para o futuro desta terra.

Desmontem-se, portanto, os palanques.

Agora, uma Rondônia melhor tem que ser a meta de todos.

Agência Trabalhista de Notícias (PB), com informações da Site Rondônia Dinâmica/ Coluna Sérgio Pires