Audiência solicitada por Antonio Brito pede valorização de pediatras

PTB Notícias 28/05/2014, 8:14


Governo federal, parlamentares e médicos discutiram na terça-feira (27/5/2014), na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara, a falta de valorização dos médicos pediatras e a situação da pediatria no Sistema Único de Saúde (SUS) e nos planos de saúde complementar.

Segundo números divulgados pelos debatedores, atualmente, a maioria dos especialistas médicos são pediatras, mas ainda assim há uma carência em várias regiões do Brasil, principalmente por causa da má distribuição desses profissionais.

O deputado Antonio Brito (PTB-BA), que solicitou a audiência, destacou o consenso entre os participantes de que é necessário melhorar a remuneração e valorizar o médico pediatra.

“Valorizando o pediatra, se diminui o custo no futuro, pois a criança pode deixar de adoecer no futuro com um bom tratamento pediátrico”, afirmou.

Planos de saúdeO representante da Agência Nacional de Saúde (ANS) na audiência, Teófilo José Rodrigues, destacou o aumento dos beneficiários de planos privados de saúde e a intensa fiscalização da agência nesse setor.

Segundo ele, a principal preocupação é garantir o atendimento ao beneficiário.

Rodrigues ressaltou que a ANS suspende a comercialização de planos que não oferecem pediatria.

“É uma punição que fere o bolso da operadora, e ela não pode comercializar o plano.

Isso tem feito com que muitas operadoras modifiquem a sua forma de atuar ou melhorem esse atendimento para voltar a comercializar esse produto”, declarou.

CapacitaçãoA coordenadora adjunta do Ministério da Saúde, Tatiana Coimbra, reconheceu que o ideal seria a distribuição igualitária de pediatras em todas as regiões do país, mas, como isso não é possível, o governo vem capacitando médicos para que possam atuar nesta área.

“Onde o pediatra estiver, se ele puder atender a criança, a gente sabe que ele é o profissional mais adequado.

Porém, existem médicos de família que também atendem muito bem a criança.

Eles têm condições de fazer esse atendimento”, disse.

A audiência finalizou com o compromisso entre os participantes de formarem um grupo de trabalho para estudar de que forma é possível amenizar o problema da distribuição de médicos pelo país e, principalmente, a formação de diretrizes para a valorização do pediatra.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Agência Câmara Notícias Foto: Lúcio Bernardo Jr/Câmara dos Deputados