Augusto César pede mais policiamento para municípios de Pernambuco

PTB Notícias 30/03/2015, 17:13


O aumento de casos de assaltos e assassinatos que vem ocorrendo em municípios de Pernambuco foi destaque no pronunciamento do deputado Augusto César (PTB), na quinta-feira (26/3/2015), na Assembleia Legislativa.

Segundo o petebista, a falta de policiamento, e a consequente insegurança, têm afligido os moradores dos distritos de Fátima e Flores, em Sertânia.

O parlamentar disse que os assaltos têm prejudicado o comércio local, base do sustento de muitas famílias e que, por conta disso, a população está com medo de sair de casa.

Ele afirmou que é imprescindível a instalação de postos policiais e a realização rondas motorizadas na região.

Augusto César denunciou ainda o atentado sofrido pela líder comunitária Maria Wilma da Silva, em Catende.

Segundo o deputado, quatro tiros foram disparados contra a casa dela, em dezembro do ano passado e, dias depois, a líder comunitária foi surpreendida por policiais que diziam ter um mandado de busca e apreensão de drogas.

O parlamentar disse que depois de revistarem a casa, os policiais foram embora sem mostrar ou deixar nenhum documento que comprovasse o fato.

Augusto César cobrou da Secretaria de Defesa Social que apresente esse mandado e que esclareça o fato que, para ele, é semelhante a um caso de perseguição política.

O deputado ainda apelou à secretaria para que aumente o efetivo policial em Sertânia e em Serra Talhada.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Assembleia Legislativa de PernambucoFoto: Rinaldo Marques/Alepe