Aumento da incidência de casos de Covid-19 em asilos preocupa Campos Machado

Agência Trabalhista de Notícias 25/06/2020, 8:56


Imagem Crédito: José Antonio Teixeira/Alesp

Após levantamento do Ministério Público, que apontou, ao menos, 190 óbitos e 755 casos de coronavírus em asilos no município de São Paulo, o deputado Campos Machado, presidente estadual e líder do PTB na Assembleia Legislativa, manifestou sua preocupação e pediu providências para que os cuidados nesses locais sejam redobrados, não só na capital paulista, como também em todo o Estado de São Paulo.

“Os idosos representam o grupo de maior letalidade dentre os infectados por esse vírus e, por isso, os asilos precisam redobrar os cuidados, até mesmo restringindo visitas, e, se tiverem condições, hospedando seus profissionais, para que estes não sejam canais de contaminação para os idosos”, sugeriu Campos.

Machado demonstrou enorme estarrecimento com a declaração do médico gerontólogo e ex-diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS), Alexandre Kalache, que relatou ter havido, com o advento da pandemia de Covid-19, um crescimento considerável de casos de preconceito contra os idosos.

“Não dá para conceber essa intolerância contra quem já colaborou tanto pela construção da nossa sociedade”, afirmou Campos, que é autor de marcos legais em benefício dos idosos, como a Lei 15.187/13, que igualou em 60 anos a idade mínima para acesso gratuito ao Metrô, trens da CPTM e ônibus da EMTU, beneficiando mais de um milhão de pessoas, a lei que instituiu o Geroparque (1997), o Fundo de Amparo ao Idoso, além de ter criado o PTB Aposentados e Idosos e estimular, até mesmo, o empreendedorismo a partir do 70 anos, com o PL 139, intitulado “Negócio Não Tem Idade”.

O parlamentar lembrou, ainda, que o PTB Aposentados e Idosos, um dos 25 departamentos temáticos do partido, está discutindo estratégias para apresentar, como sugestão, aos asilos da cidade, nos próximos dias.

Com informações do JC Net