Bancada do PTB da Câmara Municipal de Campinas deixa base do prefeito

PTB Notícias 22/06/2011, 7:01


Formada pelos vereadores Jorge Schneider e Tadeu Marcos, a bancada do PTB na Câmara Municipal de Campinas decidiu deixar a base do prefeito Hélio de Oliveira Santos, o Dr.

Hélio (PDT).

De acordo com Tadeu, a bancada reviu sua posição em relação ao Executivo e, a partir de agora, vai atuar de forma independente.

Tadeu Marcos contou que na tarde desta terça-feira comunicou a decisão da bancada ao líder do governo, Francisco Sellin (PDT) e ao secretário geral do PTB em Campinas, Luiz Carlos Perreira.

– A bancada sentiu que era preciso entender a reação do povo, que cobrava outra postura do partido.

E isso foi feito- afirmou Tadeu Marcos.

O vereador Jorge Schneider, por sua vez, acredita que a partir de agora terá maior isenção para conduzir sua atuação na Câmara.

– O PTB não vai para a oposição.

O que teremos agora é uma possibilidade maior de avaliar com isenção, a situação delicada pela qual passa a cidade e garantir que não seremos injustos com ninguém, principalmente com o povo de Campinas – disse ele.

O prefeito enfrenta uma Comissão Processante na Câmara Municipal, que pode resultar na cassação de seu mandato.

A primeira-dama da cidade, Rosely Nassim Jorge Santos, ex-chefe de gabinete de Dr.

Hélio, é apontada pelo Ministério Público como chefe de um suposto esquema de fraudes em contrato público.

O vice-prefeito da cidade, Demétrio Vilagra (PT), também aparece no relatório dos promotores como envolvido no suposto esquema de desvios de verbas da prefeitura.

Ambos já foram denunciados por corrupção, formação de quadrilha e fraudes.

Eles negam as acusações.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal O Globo