Bancada do PTB-RS debate restruturação do quadro geral com Sindsepe

PTB Notícias 9/04/2013, 18:11


O projeto de lei 43/2013, do Executivo, que reestrutura o quadro geral dos funcionários públicos do Rio Grande do Sul, foi tema de audiência dos deputados do PTB na Assembleia Legislativa com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos do Estado (Sindsepe/RS), nesta terça-feira (9/4/2013).

Os servidores propõem que haja uma separação da questão salarial e funcional da proposta, considerada defasada.

De acordo com o presidente do Sindicato, Claudio Augustin, a vontade do grupo é que essa separação abra espaço para que seja votado, em um primeiro momento, o reajuste do funcionalismo, uma vez que a reestruturação do quadro não é feita desde a década de 80.

“Nosso entendimento é de que várias questões não foram discutidas e outras que não foram acordadas pela categoria foram contempladas no projeto.

No geral, não houve discussão que contentasse os servidores”, destacou Augustin.

O projeto enviado à Assembleia pelo Executivo, que, além de reestruturar o quadro, cria e extingue cargos e fixa valores de vencimentos, foi rejeitado em assembleia geral da categoria.

Por isso, os representantes do Sindisepe buscam apoio das bancadas para tratar das questões rejeitadas.

Líder da bancada do PTB no Parlamento, o deputado Aloísio Classmann enfatizou que os deputados trabalhistas têm um compromisso histórico com as questões de interesse do funcionalismo público.

“Somos da base do governo e vamos ajudar no que for possível para a provação do que a categoria defende.

Lembro ainda que o governo Tarso Genro está dando um aumento para o funcionalismo que nenhuma outra gestão deu.

Portanto, se há possibilidade de colaborarmos, podem ter certeza que o faremos”, comentou o trabalhista.

Também participaram do encontro os deputados José Sperotto, Jurandir Maciel, Marcelo Moraes e Ronaldo Santini, líder partidário do PTB.

Agência Trabalhista de Notícias (NM), com informações da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul