Bancada gaúcha debate com governadora Yeda Crusius plano de investimentos

PTB Notícias 30/05/2007, 14:02


O Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), o Plano Plurianual (PPA) gaúcho e a dívida pública foram temas centrais de reunião entre a bancada gaúcha no Congresso Nacional e a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius, realizada em Brasília nesta terça-feira (29).

Sob coordenação do senador Sérgio Zambiasi, do PTB gaúcho, o encontro contou com a presença de deputados e senadores, além dos secretários de Planejamento e Gestão, Ariosto Culau, de Infra-Estrutura e Logística, Daniel Andrade, e de Obras Públicas, Coffy Rodrigues.

Na reunião, a governadora e os secretários estaduais fizeram uma apresentação da proposta original do PAC.

Também foram apresentados aos parlamentares os detalhes do PPA 2008-2011, encaminhado à Assembléia Legislativa na data constitucional de 15 de maio.

Conforme explicou a governadora, é necessário que haja uma sintonia entre as bancadas federal e estadual em relação ao programa de organização e investimento do governo previstos no PPA.

“Essa sintonia é o que constitucionalmente nos pedem quando enviamos o PPA para a Assembléia, pois nele colocamos nossas principais metas, que é a de zerar o déficit fiscal do Estado em três anos e de que modo a gente vai permitir o crescimento dos investimentos até que eles sejam o dobro do que foi realizado em 2006”, afirmou a governadora.

O senador Zambiasi destacou a importância do compromisso do executivo estadual com a redução do défict público e o aumento da capacidade de investimento.

O governo do Estado articula o apoio da bancada gaúcha para que obras em habitação, saneamento e infra-estrutura sejam incluídas no PAC.

Em documento entregue aos parlamentares, estão expressos como objetivos o aumento dos investimentos públicos e privados, a afirmação do novo modelo de crescimento e a capacitação para enfrentar os novos desafios da globalização.

“Pedimos que a bancada dê apoio a esses dois empreendimentos, que é a disputa de recursos no Orçamento Geral da União, através do PAC, e a maneira pela qual nós vamos compreender o governo estadual até 2011 segundo o PPA” concluiu a governadora.

Entre os pleitos do Rio Grande do Sul no PAC, que no campo de energia prevê demandas na área de transmissão, destacam-se as seguintes obras: – BR 116, trecho Camaquã Osório: R$ 150 milhões – BR 101, trecho Tavares-São José do Norte: R$ 80 milhões – Conclusão do trecho São Leopoldo-Novo Hamburgo do Trensurb: R$ 650 milhões – Construção do trecho Porto Alegre Gravataí do Trensurb: R$ 1,7 bilhão – Recuperação da Bacia do Rio dos Sinos e Gravataí, com obras de revitalização e esgotamento sanitário – R$ 524 milhões – Construção de barragens: R$ 193 milhões.

fonte: site do PTB – RS