Bejani participa das comemorações dos 100 anos do 14-Bis

PTB Notícias 27/07/2006, 13:06


O prefeito de Juiz de Fora, Alberto Bejani (PTB-MG), junto com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o governador de Minas, Aécio Neves, participou das comemorações do Centenário do Vôo do 14-bis que aconteceu nesta quarta-feira, dia 26, em Santos Dumont.

Bejani acompanhou Lula e o governador de Minas ao Museu Casa Natal de Santos Dumont, no Parque Cabangu, onde está sendo construída a sede administrativa que vai abrigar todo o acervo original do inventor.

Em seguida, Lula, Bejani e os ministros do Turismo, Walfrido dos Mares Guia; da Secretaria Geral da Presidência, Luiz Dulci; e da Defesa, Waldir Pires, participaram de uma solenidade comemorativa do Centenário, no Ginásio Poliesportivo Alves de Oliveira, no centro da cidade.

Durante a solenidade, Bejani conversou com o ministro Waldir Pires sobre a criação da Guarda Municipal de Juiz de Fora.

Pires informou ao prefeito que o fato de Juiz de Fora ter população acima de 500 mil habitantes justifica a criação de uma Guarda Municipal armada.

Nas próximas semanas, será agendada uma audiência do prefeito com o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, para discutir a criação da guarda.

“A Guarda Municipal é uma iniciativa que visa não só à segurança como é um dos projetos da nossa administração para a geração de emprego e renda”, informou Bejani.

Lula recebeu das mãos do sobrinho neto de Santos Dumont, Jorge Henrique Dumont Dodsworth, a Comenda Mérito Cabangu, além de um busto do pai da aviação.

O presidente falou da importância de participar das comemorações do Centenário do 14-bis e fortalecer a presença de Santos Dumont no imaginário brasileiro.

“A recuperação da história é muito importante para que as futuras gerações conheçam que o Brasil tem pessoas que podem ser chamadas de gênios, como Santos Dumont.

Sua visão de desenvolvimento e de democracia nos traz exemplos, que buscamos sempre repetir.

Um deles foi a própria recusa em patentear sua mais importante obra.

Preferiu que ela fosse de domínio público, possibilitando assim que fosse inovada e redesenhada”, afirmou Lula.

O presidente retornou a Brasília por volta das 12h, onde deu prosseguimento às festividades do centenário inscrevendo o nome de Santos Dumont no Livro de Heróis da Pátria.

Além do prefeito de Juiz de Fora, a superintendente da AMAC, Vanessa Loçasso, e secretários da atual administração municipal também participaram das comemorações.

Museu Casa Natal de Santos DumontO Parque Cabangu abriga o Museu Casa Natal de Santos Dumont, local onde nasceu o inventor e que guarda seus objetos pessoais e mobília original, além de um acervo de pioneiros da aviação brasileira.

O Museu foi criado em 1956 e inaugurado oficialmente em 1973, ano do centenário de nascimento de Dumont.

A sede terá ambientes climatizados para conservação do acervo, além de auditórios, biblioteca temática e salas para palestras e projeções.

Responsável pela coordenação do acervo, a Fundação Casa de Cabangu é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 1949 no município de Santos Dumont.

Seu fundador foi Oswaldo Castello Branco, dono do jornal “O Sol”, que logo após a morte do inventor, em 1932, passou a recolher seus objetos pessoais, documentos, cartas e fotografias.

Além da Fundação, Castello Branco deu início à criação do Museu Casa Natal de Santos Dumont, também inaugurado em 1973, com o objetivo de preservar o local onde nasceu Dumont.

fonte: site da Prefeitura de Juiz de Fora – MG